Corinthians sub-17 tem esquema moderno, funciona sem camisa 9 e está perto de ser tri do mundo. Ou quase isso…



1

Mundial de Clubes da Comunidade de Madri ou Troféu Quixote é um torneio de futebol da categoria juvenil que começou a ser disputado em 2005 e hoje em dia é chamado apenas de “Mundial de Clubes sub-17”. Apesar da nomeação, a competição não funciona exatamente nos moldes do torneio organizado pela Fifa, já que recebe apenas equipes convidadas sem um critério plenamente definido – em outras edições houve participação da seleção da China ou do modesto Leixões, de Portugal, por exemplo.

Apesar disso, o Mundial sub-17 reúne boas equipes da categoria, e sempre com seus times titulares, como os poderosos Barcelona e Real Madrid. Foi justamente o Barça, maior referência em formação de jogadores do mundo, que ficou pelo caminho diante do Corinthians, nas semifinais. Com gols de Léo Jabá, Léo Santos e Matheus Pereira, o Timão goleou o Barcelona por 3 a 0 e se garantiu na final do torneio, que será disputada neste domingo, às 15h30, contra o Atlético Nacional, da Colômbia. Na fase anterior, a equipe sul-americana eliminou o Real nos pênaltis.

Antes do Mundial sub-17, o Corinthians havia disputado a Copa do Brasil, torneio nacional mais importante da categoria, e foi eliminado pelo Flamengo nas quartas de final. O principal destaque do time comandado pelo técnico Marcio Zanardi neste torneio foi o centroavante Miullen, que marcou quatro vezes em seis partidas. O camisa 9, no entanto, sofreu uma lesão e acabou não embarcando com o grupo para a Espanha. Sem Miullen, Zanardi definiu um esquema de jogo sem centroavante fixo e está conseguindo alcançar os resultados.

Diante do Barça, por exemplo, o Timão entrou com essa escalação: Felipe, Samuel, Léo Santos, Antônio Guilherme e Hurick; Renan Areias, Roni, Pedro Victor (Renan Guedes), Fabrício (César) e Matheus Pereira (Bilú); Léo Jabá (Matheus Santos).

Léo Jabá não é exatamente um centroavante. Apesar de ser um jogador de força física e boa finalização, tem sido usado mais recuado, no meio-campo, e também aberto pelas pontas. Na função de camisa 9, segue sendo um jogador de muita movimentação, invertendo posicionamento com outros homens de frente e provando a versatilidade do esquema. Também funciona bem a parceria entre Léo Jabá e Matheus Pereira, uma realidade que o Corinthians conhece desde 2011, quando a dupla teve ótimo rendimento no Paulistão sub-13 ao lado do volante Renan Areias, outra joia da geração 98/99.

Anteriormente, o Timão sub-17 havia eliminado o Santos Laguna (1 a 0, gol de Léo Santos), batido o próprio Atlético Nacional (3 a 1, gols de Pedro Victor, Caio Emerson e Léo Jabá) e perdido para Atlético de Madrid (por 3 a 0).

O Corinthians está, sim, enfrentando algumas das maiores forças do mundo, e também está mostrando que é necessário dar mais espaço às suas promessas no time profissional. Sem pressa, sem afobação, mas com inteligência e frequência. Para não deixar casos como o de Matheus Cassini se tornarem ainda mais comuns.



  • QUE PENA QUE ALGUMAS POUCAS REVELAÇÕES VÃO TER QUE JOGAR EM TIMES PEQUENOS DA EUROPA POQUE AQUI É CURUNTHIAAA HAHAHA… TIME QUE NÃO REVELA NINGUÉM, PORQUE O EMPA-TITE SÓ GOSTA DE JOGADORES EXPERIENTES ACIMA DOS 30 ANOS, POR ISSO TA VENDENDO O ALMOÇO PARA COMER A JANTA.

    • Nilson Canavezi

      com certeza são joias raras que o coringa podia aproveitar para revolucionar o futebol brasileiro, o conringa tem de parar de pensar em medalhões que são um fiasco no Timão exemplo Vagner Love e pensar nesses jovens talentos antes que seja tarde

  • Alessandro

    é incrível a capacidade que o Corinthians tem de não aproveitar a molecada…

  • Ronaldo

    Uma coisa é fato ! Não convidem o Corinthians .Profissionais ou garotos para torneios internacionais ,porque é barbada ,e ele papa mesmo !!!

  • Enquanto só pegar jogadores de empresário macomunados com diretores bandidos.

  • JC

    A chegada, vindos do RS, do Rospide e do Loss, deu uma incrementada na base corintiana.
    Se era boa, ficou ótima. Agora, basta saber aproveitar.

  • Marcelo Vilariço

    Garotada boa de bola ,já jogando com um esquema moderno e detalhe contra um time que já tem um padrão de jogo definido desde as fileiras de base mas é daí????? Oque que adianta ter várias revelações na base inteira e quando é o momento de lançar não lança no profissional .Acorda Tite e diretoria incompetente até quando vcs vão demorar a perceber que o nosso futuro é a base.Enquanto isso temos que jogar com jogadores que custaram uma fábula e não valem nem um terço do que foi pago

  • Gilsao

    Enquanto crápulas enrrustidos de apaixonados pelo time brigarem como nunca pra assumir cargos de lideranca dentro de clubes como é o caso de Andres, Mario Gobbi Edu gaspar(esperando a vez) Roberto de Andrade entre outros tudo o q aconteceu com esse menino Mateus, Marquinhos e se esqueceram do willian(Chelsea) a compra de alexandre pato, usando as velhas receitas vende barato e compra caro. Cambada de ladrões e ninguém faz nada. Corinthians Petrobras do futebol brasileiro. Deixei de torcer por causa desses ladrões. MARIO Gobbi deveria estar na cadeia pior q Dualib

  • mas se o tite fosse o tecnico jogaria pra empatar…..

MaisRecentes

Palmeiras fecha com revelação do interior para disputa de Mundial de base na Europa



Continue Lendo

Promessa santista premiada na Europa tem rodagem na base e se inspira em Zeca



Continue Lendo

Aos 16 anos, zagueiro-artilheiro na Bahia já coleciona títulos pela base do São Paulo



Continue Lendo