Novas experiências, valorização e sonho europeu: ex-Palmeiras vai jogar na França



Sem vínculo com o Palmeiras desde o fim de junho, o jovem Bruno Garcia agora é jogador do Boulogne, da França. Ele assinou por duas temporadas com o clube europeu mesmo com propostas para permanecer na elite do futebol brasileiro – a Ponte Preta, por exemplo, fez consultas pelo garoto, segundo apuração do blog. Na Europa, o atacante de 20 anos terá importantes desafios para crescer no esporte profissional e na vida pessoal.

Um destes desafios é morar sozinho pela primeira vez na vida…

2

– Está sendo uma experiência boa, eu gosto de morar sozinho. Lógico que sinto falta de família, amigos, namorada, mas consido lidar bem com isso. Moro no meu apartamento, treino bastante, e aqui em casa eu mesmo organizo minhas coisas. Já aprendi até a cozinhar – diverte-se Bruno, que aponta o macarrão italiano como especialidade e aos poucos já começa a falar o idioma do país para se sentir mais à vontade.

– Achei que fosse lenda, mas aqui tem fazer bico pra falar, senão eles não entendem (risos).

1

O Boulogne é um tradicional clube francês fundado em 1898 e que disputa atualmente o equivalente à Terceira Divisão do país, além da Copa da França e da Copa da Liga, em que há enfrentamentos com times de elite, como Paris Saint-Germain e Monaco. O garoto escolhido para vestir a camisa 11 já participa da rotina de treinamentos e aguarda a estreia oficial na temporada para mostrar seu potencial.

– Todos nós sabemos que o Brasil é um país de muitos talentos, então optei por vir porque sempre foi um sonho jogar na Europa. E também porque é um país onde vou ser mais valorizado no futebol e ter uma oportunidade boa de crescer, me tornar um jogador mais completo. Os treinos aqui são mais pegados, a preparação é muito forte, mas estou com uma expectativa muito boa de fazer um bom campeonato e alçar coisas maiores, realizar os sonhos que tenho.

Para quem acompanhou Bruno Garcia na base do Palmeiras e viu o atacante virar lateral-esquerdo na Copa São Paulo de Juniores, saiba que ele voltou a jogar no setor ofensivo pelo Boulogne. Da roça de São João de Manhuaçu, em Minas Gerais, à base do Verdão e agora à Europa, o menino segue cada vez mais firme atrás de seus sonhos.



MaisRecentes

Família boleira e retomada após lesões: as inspirações de um brasileiro em Portugal



Continue Lendo

Maior torneio sub-17 do Brasil tem primeira semifinal definida: Palmeiras x Flamengo



Continue Lendo

Bahia cria competição sub-13; primeiro ano será regional, mas há projeto de expansão



Continue Lendo