Autor de golaço do Brasil sub-17, Paulinho simboliza geração entrosada e talentosa



A Seleção Brasileira sub-17 ainda está penando para consolidar algumas ideias de jogo, mas venceu Peru e Venezuela nos dois primeiros compromissos do Sul-americano da categoria e encaminhou classificação à próxima fase.

Um dos pontos fortes da equipe dirigida pelo técnico Carlos Amadeu é o entrosamento – é comum observar tabelas curtas, triangulações e movimentação, especialmente entre os homens de ataque. Foi assim que Paulinho, jogador de muita força e técnica, marcou o gol da vitória por 1 a 0 na noite deste domingo. Antes dele, a bola passou por Vinicius Júnior e Alan em toques rápidos.

Uma coisa em comum entre os três jogadores (além do talento, óbvio) é que eles estiveram no Sul-americano sub-15 conquistado pela Seleção Brasileira em 2015. Ou seja, vêm crescendo, se entrosando e desenvolvendo juntos.

Dos 23 jogadores inscritos na competição juvenil, 12 estiveram no time infantil: Arthur Gazze (goleiro do São Paulo), Gabriel Brazão (goleiro do Cruzeiro), Wesley (lateral do Flamengo), Kazu (lateral do Coritiba), Vitão (zagueiro do Palmeiras), Patrick (zagueiro do Flamengo), Rodrigo Nestor (meio-campista do São Paulo), Alan (meio-campista do Palmeiras), Vitinho (atacante do Corinthians), Lincoln (atacante do Flamengo), Vinicius Júnior (atacante do Flamengo) e Paulinho (atacante do Vasco).

Guilherme Dalla Dea, técnico da Seleção sub-15 em 2015, também está na sub-17, como auxiliar de Amadeu.

1



MaisRecentes

No radar da Seleção, goleiro do Red Bull concilia futebol e faculdade de fisioterapia



Continue Lendo

São Paulo conquista a Salvador Cup: oitava taça que vai para Cotia nesta temporada



Continue Lendo

Há quatro anos no Avaí, Guga já fez gols e bateu gigantes. Só falta conhecer o xará



Continue Lendo