Base forte! Ataque dá show e Coritiba se sagra bicampeão da Dallas Cup na principal categoria



1

O Coritiba conquistou na noite deste domingo o título da Dallas Cup, tradicional torneio de base que reúne clubes e academias de todo o mundo em seis faixas etárias (do sub-13 ao sub-19), nos Estados Unidos. Foi a quinta participação consecutiva da equipe paranaense e o segundo título, conquistado com uma vitória por 3 a 1 para cima do Monterrey (MEX) na principal categoria. O Coxa, que fechou o torneio com média de três gols por jogo, já havia sido campeão em 2012, quando se juntou ao rol que já conta com Cruzeiro, São Paulo, Atlético-PR, Corinthians e Vitória.

Em Dallas, o técnico Eduardo Barros escalou a mesma formação em todas as partidas: Rafael, Taigo, Daniel Taffarel, Geovane e Julio Rusch; Lika, Vitor Carvalho, Guilherme e Lucas Barreto; Thiago Ferreira e Evandro. As principais expectativas estavam depositadas sobre Lucas Barreto, que já integra o elenco profissional e foi liberado para o torneio, mas o verdadeiro herói foi o atacante Evandro. Autor de sete gols em cinco partidas, ele foi o protagonista do título conquistado no Toyota Stadium, com dois gols na decisão.

O Coritiba termina a Dallas Cup com 100% de aproveitamento, já que venceu Real Salt Lake (3 a 1), Tigres (3 a 1) e Valencia (5 a 0) na primeira fase. Depois, a equipe brasileira bateu o Everton por 1 a 0 e carimbou sua vaga na decisão, também vencida. Disputaram esta categoria, além do Coxa, do Monterrey, e dos já citados, os seguintes clubes: River Plate, Ryutsu-Keizai, LA Galaxy, Hoffenhein, Dallas e Corinthians.

O Timão, que integrou atletas do sub-20 e do sub-17, foi eliminado já na primeira fase, pois venceu o Hoffenhein, mas empatou com Dallas e Monterrey e não conseguiu a classificação como melhor segundo colocado. Eram três chaves de quatro clubes em que se classificava o líder e o melhor vice entre todos.

Os campeões das outras categorias da Dallas Cup foram: San Diego Academy (sub-13), Brea (sub-14), Eintracht Frankfurt (sub-15), Seattle United (sub-16), Santos Laguna e Dallas (sub-17).

Simultaneamente à Dallas Cup, foi disputada nos Estados Unidos a Adidas Generation Cup, organizada pela MLS. Os representantes brasileiros foram o Palmeiras e o Sport, que desfalcaram suas equipes sub-17 na Copa do Brasil para fazerem a viagem. O clube pernambucano, já eliminado pelo Goiás do torneio nacional, ficou em quinto lugar, enquanto os paulistas terminaram em terceiro. O Verdão caiu nas semifinais para o campeão River Plate e terá missão dura aqui no Brasil: a equipe foi goleada por 5 a 1 pelo Vitória no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil.



MaisRecentes

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo

Entre os melhores times sub-20 de SP, Água Santa tem camisa 10 que é destaque aos 16



Continue Lendo