Após mudança da diretoria, Corinthians mexe nos técnicos da base



Quatro das cinco categorias da base do Corinthians mudaram seu comando técnico após a troca de Fernando Alba por José Onofre de Souza na coordenação geral da base do clube. Apenas Osmar Loss, do sub-20, segue normalmente em seu cargo. Nas outras categorias, sub-17, sub-15, sub-13 e sub-11, novos comandantes serão responsáveis pela formação dos futuros talentos do Timão.

3

No sub-17, o estudioso Rodrigo Azevedo Leitão, que comandou o Corinthians na Copa São Paulo de Juniores de 2013, deixou o cargo e o clube onde trabalhava desde 2010. A chegada de Leitão havia tido o dedo de Agnello Coelho, que perdeu o cargo de coordenador técnico na gestão de Roberto de Andrade. Junto com o ex-treinador do sub-17, deixaram o Corinthians seu auxiliar, o argentino Pablo Bonavieri, e o preparador físico Odair Matheus e o preparador de goleiros Gustavo Moino, do sub-13 – este último já acertou com o Coritiba.

O novo técnico do sub-17 do Corinthians será Márcio Zanardi (foto), promovido do sub-15, onde foi campeão paulista, da BH Cup e mais uma série de torneios. Neste primeiro momento, entretanto, o treinador irá dividir atenções entre as duas categorias, até que um novo profissional seja escolhido para o comando do sub-15.

Marcelo Marelli, por sua vez, não é mais treinador da categoria sub-13 do Corinthians. Ele será responsável pela integração com o sub-20 do Flamengo de Guarulhos, na parceria em que o Corinthians cede atletas esperando que eles ganhem rodagem e melhorem o rendimento. Quem assume o sub-13, assim, é Vinicius Marques Oliveira, que estava no sub-11. A menor categoria de base, por fim, será dirigida pelo professor Bruno Vinicius.

Veja os técnicos da base do Corinthians neste momento:

Sub-20: Osmar Loss
Sub-17: Márcio Zanardi
Sub-15: Márcio Zanardi (interino)
Sub-13: Vinicius Marques Oliveira
Sub-11: Bruno Vinicius



  • Pingback: Após mudança da diretoria, Corinthians mexe nos técnicos da base | timaodiariotv()

  • Vanderley

    Acho que ultimamente estamos melhorando as categorias de base, mas de nada adianta, se os caras lá de cima são uns tapados. Vendem, DÃO, 50 a 70% de jogadores que já estão nas bases da selação Brasileira e que serão com certeza valorizados, por dívidas com jogadores e/ou Agentes. Como aconteceu ultimamente com o Malcon que o Timão só detém 30%, cedeu os 70% por uma dívida de 1,5 milhão com o agente do Ralf…PALHAÇADA.

  • ELIAS

    GOSTEI DA JUSTIÇA QUE FIZERAM COM O TÉCNICO DO SUB 20-OSMAR LOSS. ESSE É BOM.

    PARABÉNS OSMAR LOSS.

  • José F. Camacho

    É isso ai tem que envestir na base, mudar / reciclar é a receita para o sucesso

  • ze sergio

    na minha opniaõ o corinthians deveria usar os garotos da base em clubes que disputa serie b ou c do brasileiro ou serie a2 do paulista.para pegar mais experiencia e bagagens,principalmente em equipe do interior ou outro estados,onde os garotos com certeza os garotos seria mais rotulados com isto iria aparecer mais,e com certeza o corinthians iria ganhar com isto,meu sonho e ter uma camisa oficial do clube esta nova,a ultima que eu tive foi em 1976 quando eu jogava nas categoria de base do marilia,ganhei do volante Nobre que era da minha cidade e jogava no Corinthians.

  • angelo

    Mas o clube não estava ganhando todos os torneios desde o sub-11? Então, os técnicos não fazem parte da nova panela e perderam seus cargos?

MaisRecentes

Família boleira e retomada após lesões: as inspirações de um brasileiro em Portugal



Continue Lendo

Maior torneio sub-17 do Brasil tem primeira semifinal definida: Palmeiras x Flamengo



Continue Lendo

Bahia cria competição sub-13; primeiro ano será regional, mas há projeto de expansão



Continue Lendo