Chivas e Shandong Luneng serão os estrangeiros da Taça BH de 2016



Pela segunda vez na categoria sub-17, a tradicional Taça BH terá início no próximo dia 10 de julho, com quatro cidades como sede: Muriaé, São João Del Rei, Guaxupé e Belo Horizonte. A competição, uma das mais importantes da categoria juvenil no futebol nacional, chega à 32ª edição com 32 clubes divididos em oito grupos.

16 clubes da Série A do Brasileirão (Chapecoense, Ponte Preta, Santa Cruz e Sport são as exceções), quatro da Série B (Paraná, Vasco, Bahia e Goiás), oito clubes mineiros (Santa Cruz-MG, AMDH-MG, Coimbra-MG, Esportiva-MG, Villa Nova-MG, Democrata-MG, Nacional-MG e Social-MG), duas forças regionais (PSTC-PR e Porto Vitória-ES) e mais dois clubes de fora do Brasil: Chivas Guadalajara, do México, e Shandong Luneng (em parceria com o Desportivo Brasil), da China.

O Shandong já participou da edição do ano passado, mas foi eliminado na primeira fase. O único estrangeiro a chegar nas oitavas de final foi o Guaraní do Paraguai, desclassificado pelo Avaí.

O campeão do ano passado foi o Corinthians, que superou o Flamengo na decisão por 2 a 1, com dois gols de Fabricio Oya.

VEJA OS GRUPOS DA TAÇA BH SUB-17 2016:

GRUPO A (Belo Horizonte)
Corinthians, Atlético-PR, Shandong Luneng e Santa Cruz-MG

GRUPO B (Belo Horizonte)
Grêmio, Vitória, PSTC-PR, Villa Nova-MG

GRUPO C (Belo Horizonte)
Atlético-MG, Figueirense, Paraná e AMDH-MG

GRUPO D (Belo Horizonte)
Cruzeiro, Coritiba, Bahia e Democrata-MG

GRUPO E (Belo Horizonte)
América-MG, Botafogo, Chivas Guadalajara e Coimbra-MG

GRUPO F (Muriaé)
Flamengo, São Paulo, Porto Vitória-ES e Nacional-MG

GRUPO G (Guaxupé)
Santos, Internacional, Vasco e Esportiva-MG

GRUPO H (São João Del Rei)
Palmeiras, Fluminense, Goiás e Social-MG



MaisRecentes

Saiba quem está ameaçando o reinado de Brenner e feito de Gabriel Jesus no sub-17



Continue Lendo

Conheça os quatro pilares do trabalho do Internacional em suas categorias de base



Continue Lendo

Titular da Seleção na base, promessa do Corinthians vive cartilha de ‘novo Pedrinho’



Continue Lendo