Visão da 33º rodada: Trio sobrevivente da maratona



(Edson Ruiz/L!Press)

(Edson Ruiz/L!Press)

A rodada do fim de semana foi mais uma da maratona vivida por Cruzeiro, São Paulo e Atlético-MG. Os três clubes que pontuam o Campeonato Brasileiro ainda têm outros objetivos na reta final de 2014.

Cruzeiro e Galo começam a decidir a Copa do Brasil na quarta-feira e por isso o técnico Levir Culpi decidiu poupar os titulares contra o Palmeiras. A fase é tão especial que o Atlético-MG foi superior na despedida do Alviverde do Pacaembu e venceu com autoridade. São 27 pontos no returno e a melhor campanha. O triunfo fora recolocou a equipe no G4.

Marcelo Oliveira também optou por preservar alguns atletas. Mas como luta pelo bicampeonato, escalou um time misto contra o lanterna Criciúma. A Raposa levou um susto logo no início com o gol de Luca, mas a pressão resultou na virada. Sofrida.

A postos e esperando por um tropeço do Cruzeiro está o São Paulo. O Tricolor também não teve a equipe completa no Barradão em razão da Sul-Americana. Depois de três viagens seguidas Kaká, Michel Bastos e Kardec foram para o banco. Quando foi preciso, Kaká entrou e decidiu em Salvador. Azar do Vitória, que segue o seu calvário na zona de rebaixamento ao lado do rival Bahia.

Nos clássicos regionais, destaque para a goleada do Grêmio. O Tricolor gaúcho desandou a marcar contra o rival. Para quem ficava no um ou no máximo dois gols por jogo, marcar quatro de uma vez só e entrar no G4 justamente sobre o Inter é o gás para se manter entre os melhores até o fim. Já o Colorado sempre deixa a impressão de ser o time do próximo ano. Para piorar, na quarta-feira enfrenta o São Paulo, no Morumbi, em jogo adiantado da 35 rodada.

Na cola dos gaúchos está o Corinthians. O Timão fez a trinca nos clássicos regionais na Arena com a vitória sobre o Santos. O atacante Guerrero voltou de suspensão e foi decisivo como já havia sido nos confrontos contra Palmeiras e São Paulo na casa corintiana.

Em Santa Catarina, o Figueirense respirou ao superar a Chapecoense, assim como o Coritiba. O Coxa parou a série de quatro vitórias do Flu e saiu da zona. Quem ainda agoniza é o Botafogo.



MaisRecentes

Só partidas com grandes dão lucro na quinta rodada do Paulistão



Continue Lendo

Corinthians arrecada cinco vezes mais do que os outros jogos da rodada somados



Continue Lendo

Confira raio x atualizado dos clubes brasileiros na fase preliminar da Libertadores



Continue Lendo