Só o bagaço da campeã mundial



A Espanha protagonizou contra a Holanda o maior vexame de um campeão mundial na estreia da Copa do Mundo seguinte. A França, em 2002, tinha sido a última seleção derrotada após erguer o troféu quatro anos antes:

Wander Roberto/VIPCOMM

Wander Roberto/VIPCOMM

1934: Uruguai não participou (Uruguai campeão em 1930)
1938: Itália 2×1 Noruega (Itália campeã em 1934)
1950: Suécia 3×2 Itália (Itália campeã em 1938)
1954: Uruguai 2×0 Tchecoslováquia (Uruguai campeão em 1950)
1958: Alemanha 3×1 Argentia (Alemanha campeã em 1954)
1962: Brasil 2×0 México (Brasil campeão em 1958)
1966: Brasil 2×0 Bulgária (Brasil campeão em 1962)
1970: Inglaterra 1×0 Romênia (Inglaterra campeã em 1966)
1974: Brasil 0x0 Iugoslávia (Brasil campeão em 1970)
1978: Alemanha 0x0 Polônia (Alemanha campeã em 1974)
1982: Argentina 0x0 Bélgica (Argentina campeã em 1978)
1986: Itália 1×1 Bulgária (Itália campeã em 1982)
1990: Argentina 0x1 Camarões (Argentina campeã em 1986)
1994: Alemanha 1×0 Bolívia (Alemanha campeã em 1990)
1998: Brasil 2×1 Escócia (Brasil campeão em 1994)
2002: França 0x1 Senegal (França campeã em 1998)
2006: Brasil 1×0 Croácia (Brasil campeão em 2002)
2010: Itália 1×1 Paraguai (Itália campeã em 2006)
2014: Espanha 1×5 Holanda (Espanha campeã em 2010)



MaisRecentes

Paulistão tem prejuízo em 30% dos jogos após três rodadas



Continue Lendo

Jogos no Allianz Parque turbinam renda do Paulistão



Continue Lendo

Luis Fabiano teve boa média de gols na China e na última passagem pelo São Paulo



Continue Lendo