O dia em que Fernandão acabou com o jogo



Divulgação/Internacional

Divulgação/Internacional

No dia 26 de novembro de 2006 o Internacional se preparava para o Mundial de Clubes e na reta final do Brasileirão fez uma partida praticamente perfeita contra o Palmeiras. Goleada por 4 a 1 no Palestra Itália. Muitos lembram da estreia de Alexandre Pato, mas para mim valeu por ver Fernandão.

Com Pato e Iarley na dupla de ataque, o capitão colorado jogou mais recuado e acabou com a partida. Deu assistência, marcou gol e naquela tarde de domingo mostrou para Abel Braga que além de artilheiro poderia exercer a função de armador. Na entrevista coletiva de Jair Picerni, então técnico do Palmeiras, perguntei a ele sobre a atuação de Fernandão e o treinador ficou sem adjetivos para explicar o que viu em campo pouco tempo antes.

Menos de um mês depois, como armador, Fernandão levantou o troféu mais importante da história do Internacional.



MaisRecentes

Prejuízo do Vasco longe de São Januário chega quase a R$ 500 mil



Continue Lendo

Rodada registra o melhor e o pior público do Brasileirão



Continue Lendo

Novidade na lista, Cássio é o oitavo goleiro chamado por Tite



Continue Lendo