O algoz pré-Copa: Edoardo Artistico



Divulgação

Divulgação

 

O Brasil faz nesta sexta-feira contra a Sérvia o último jogo antes da Copa do Mundo. A Seleção só perdeu uma vez no teste derradeiro pré Mundial e isso aconteceu graças a um atacante pouco conhecido: Edoardo Artistico.

Ele era jogador do Perugia e participou do Combinado de Umbria contra o time dirigido por Sebastião Lazaroni em 1990. Aos 44 anos, o ex-jogador relembrou o dia em que marcou o gol da vitória.

Bate-Bola com Edoardo Artistico

Você é o responsável pela única derrota do Brasil no último jogo antes de Copas. Sabia disso?
Sinceramente não sabia que a única derrota do Brasil antes de uma Copa do Mundo foi graças ao gol que marquei naquela partida em 1990. Tenho lembranças daquele jogo que fizemos.

Quais são as suas lembranças?
Jogava no Perugia e participamos de um combinado com Gubbio e Ternana. Foi um jogo-treino e particularmente me lembro de ter sido marcado pelo Ricardo Rocha. No ataque o Brasil ainda contava com o Muller. Sem dúvida aquilo representou bastante para a gente e foi uma grande jornada daquele time. Há 24 anos a Seleção não vivia um bom momento em mundiais, mas tinha o respeito por ser o Brasil, um país tricampeão. Isso só engrandece o nosso feito alcançado.

Você tem algum objeto daquela partida como camisa, fotografia?
Não me lembro de ter guardado nada. Inclusive, acredito que  hoje só seja possível resgatar algo daquele jogo somente pela internet mesmo.

E 24 anos depois, como acompanhará a Copa do Brasil?
Vou assistir pela TV mesmo. Moro em Roma e ficarei por aqui.

Trabalha com futebol?
Não trabalho no momento. Estou fora do futebol, mas ainda tenho vontade de trabalhar com crianças em alguma oportunidade para voltar a fazer parte do esporte.

Arrisca algum palpite do campeão?
O Brasil é o favorito por jogar em casa e isso conta muito. Tem a Espanha que é a atual campeã e em Copas sempre há uma surpresa.

E na Itália, não acredita?
A Itália vive um momento de transição. Devemos passar da primeira fase, oitavas e chegar, no máximo, às quartas. Não vejo possibilidades maiores do que isso.

Ficha técnica:

BRASIL 0 X 1 UMBRIA
Data: 28/5/1990
Local: Estádio Libero Liberati, Terni (Itália)
Árbitro: Sandro Cumpeletti (Itália)
Gol: Edoardo Artistico (0-1)

BRASIL: Taffarel, Mozer, Mauro Galvão e Ricardo Gomes (Ricardo Rocha); Jorginho, Dunga (Silas), Alemão, Valdo (Bismarck) e Branco (Mazinho);  Muller (Bebeto) e Careca (Romário) Técnico: Sebastião Lazaroni

UMBRIA: Graziano Vinti (Gianluca Riommi), Silvestro Rossi, Simone Altobelli e Giulio Forte (Cesare Capelli); Arcangelo Sciannimanico (Mirko Taccola), Alessio Del Piano, Giovanni Battista Luiu, Roberto Borrello (Luca Di Matteo) e Carlo Valentino; Edoardo Artistico (Luca Giunchi) e Vittorio Cozzella (Giorgio Eritreo) Técnico: Claudio Tobia

 



MaisRecentes

Corinthians arrecada cinco vezes mais do que os outros jogos da rodada somados



Continue Lendo

Confira raio x atualizado dos clubes brasileiros na fase preliminar da Libertadores



Continue Lendo

Dérbi terá dois técnicos estreantes no clássico após 11 anos



Continue Lendo