A caminho do Corinthians, Gabriel foi peça fundamental no rival até se machucar



Com exame médico marcado no Corinthians, o volante Gabriel defendeu o rival Palmeiras nas duas últimas temporadas. Ele chegou por indicação do técnico Oswaldo de Oliveira e foi titular com o treinador e posteriormente com Marcelo Oliveira até machucar o joelho, em agosto de 2015 contra o Atlético-PR. Voltou a jogar no ano passado, mas foi utilizado poucas vezes por Cuca.

Gabriel em 2015:
40 jogos
2 gols (contra XV de Piracicaba e Figueirense)
Paulista – 18 jogos (todos como titular)
Brasileiro – 16 (todos como titular)
Copa do BR – 4 (3 como titular)
Amistoso – 2 (todos como titular)
6 cartões amarelos
Título: Copa do Brasil

Gabriel em 2016:
21 jogos
1 gol (contra o Vitória)
Brasileiro – 9 jogos (6 como titular
Paulista – 5 jogos (4 como titular)
Copa do Brasil – 4 jogos (3 como titular)
Libertadores – 3 jogos (todos como titular)
6 cartões amarelos
Título: Campeonato Brasileiro



MaisRecentes

Visitantes têm melhor aproveitamento nos pontos corridos



Continue Lendo

Corinthians tem início parecido com 2011, quando foi campeão



Continue Lendo

O prejuízo esportivo e financeiro de não ter o Allianz na Libertadores



Continue Lendo