Neuer contra hegemonia Messi/Cristiano Ronaldo



(AFP)

(AFP)

Na próxima segunda-feira a Fifa entrega o prêmio de melhor jogador de 2014 e Manuel Neuer tenta acabar com a supremacia de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Junta, a dupla venceu os seis últimos prêmios e estão na final mais uma vez. Neuer pode ser o primeiro goleiro a ser eleito o melhor e o segundo alemão a levar o troféu. A outra vez aconteceu com Lothar Matthaus, em 1991, na primeira edição.

(AFP)

(AFP)

Os campeões:
2013: Cristiano Ronaldo
2012: Messi
2011: Messi
2010: Messi
2009: Messi
2008: Cristiano Ronaldo
2007: Kaká
2006: Cannavaro
2005: Ronaldinho Gaúcho
2004: Ronaldinho Gaúcho
2003: Zidane
2002: Ronaldo
2001: Figo
2000: Zidane
1999: Rivaldo
1998: Zidane
1997: Ronaldo
1996: Ronaldo
1995: George Weah
1994: Romário
1993: Roberto Baggio
1992: Marco Van Basten
1991: Lothar Matthaus

(AFP)

(AFP)

Maiores vencedores:
4 vezes: Messi
3 vezes: Zidane
3 vezes: Ronaldo
2 vezes: Ronaldinho Gaúcho e Cristiano Ronaldo
1 vez: Romário, Rivaldo, Kaká, Figo, Weah, Cannavaro, Baggio, Van Basten e Matthaus

Por país:
8 vezes: Brasil (Ronaldo (3), Ronaldinho Gaúcho (2), Rivaldo, Kaká e Romário)
4 vezes: Argentina (Messi (4))
3 vezes: França (Zidane (3)), Portugal (Cristiano Ronaldo (2) e Figo)
2 vezes: Itália (Baggio e Cannavaro)
1 vez: Holanda (Van Basten), Alemanha (Matthaus), Libéria (Weah)

Por posição:
Atacante: 13 vezes
Meia: 9 vezes
Zagueiro: 1 vez

 

 

 



  • Amaury

    O Cristiano Ronaldo merece ser o Melhor Jogador do Mundo nessa temporada. Ele está com uma performance extremamente apurada e sem dúvidas é o jogador mais completo da atualidade e um dos melhores de todos os tempos. Já merecia ser o Melhor do Mundo em 2012, quando o Messi foi eleito pela última vez.

  • Neuer canha a bola de oro eu to com tigo neuer
    fas de tudo pra ganha a bola de oro.

MaisRecentes

Gallo sai do Vitória e julho se torna o mês com mais trocas na temporada



Continue Lendo

Bahia é o responsável pela quarta queda de técnico da Série A no ano



Continue Lendo

Coritiba é o quarto clube da Série A a mudar duas vezes de técnico no ano



Continue Lendo