Média dos últimos dez técnicos do Palmeiras é de 50 jogos



Eduardo Baptista deixou o Palmeiras nesta quinta-feira com apenas 23 jogos no comando do time. Entre 2009 e 2017, o Verdão teve dez técnicos efetivos e 509 jogos somados no período contando oficiais e amistosos.

Felipão e Gilson Kleina foram os mais longevos durante este tempo e os únicos a superarem cem jogos no comando. Além da dupla, só outros dois conseguiram passar a média: Marcelo Oliveira e Cuca com 53 partidas cada. Os quatro conquistaram títulos pelo clube.

Último a perder o emprego, Eduardo Baptista teve o melhor aproveitamento entre os dez técnicos alviverdes recentes (veja mais na galeria acima).

Desempenho dos últimos dez técnicos do Palmeiras:

Eduardo Baptista (2017)
23 jogos
14 vitórias
4 empates
5 derrotas

Cuca (2016)
53 jogos
30 vitórias
11 empates
12 derrotas

Marcelo Oliveira (2015/2016)
53 jogos
24 vitórias
11 empates
18 derrotas

Oswaldo de Oliveira (2015)
31 jogos
17 vitórias
7 empates
7 derrotas

Dorival Júnior (2014)
20 jogos
7 vitórias
4 empates
9 derrotas

Ricardo Gareca (2014)
13 jogos
4 vitórias
1 empate
8 derrotas

Gilson Kleina (2012/2014)
106 jogos
57 vitórias
20 empates
29 derrotas

Felipão (2010/2012)
157 jogos
68 vitórias
47 empates
42 derrotas

Antônio Carlos (2010)
19 jogos
9 vitórias
5 empates
5 derrotas

Muricy Ramalho (2009/2010)
34 jogos
13 vitórias
11 empates
10 derrotas

Jorge Parraga, Murtosa, Narciso e Alberto Valentim comandaram o time interinamente no período e por isso não entram na conta.

 



MaisRecentes

Majestoso de manhã pela segunda vez na história



Continue Lendo

Renato Gaúcho volta a colocar um técnico brasileiro na semi da Libertadores após quatro anos



Continue Lendo

Eduardo Baptista será o quarto técnico a comandar dois times no Brasileirão



Continue Lendo