Média dos últimos dez técnicos do Palmeiras é de 50 jogos



Eduardo Baptista deixou o Palmeiras nesta quinta-feira com apenas 23 jogos no comando do time. Entre 2009 e 2017, o Verdão teve dez técnicos efetivos e 509 jogos somados no período contando oficiais e amistosos.

Felipão e Gilson Kleina foram os mais longevos durante este tempo e os únicos a superarem cem jogos no comando. Além da dupla, só outros dois conseguiram passar a média: Marcelo Oliveira e Cuca com 53 partidas cada. Os quatro conquistaram títulos pelo clube.

Último a perder o emprego, Eduardo Baptista teve o melhor aproveitamento entre os dez técnicos alviverdes recentes (veja mais na galeria acima).

Desempenho dos últimos dez técnicos do Palmeiras:

Eduardo Baptista (2017)
23 jogos
14 vitórias
4 empates
5 derrotas

Cuca (2016)
53 jogos
30 vitórias
11 empates
12 derrotas

Marcelo Oliveira (2015/2016)
53 jogos
24 vitórias
11 empates
18 derrotas

Oswaldo de Oliveira (2015)
31 jogos
17 vitórias
7 empates
7 derrotas

Dorival Júnior (2014)
20 jogos
7 vitórias
4 empates
9 derrotas

Ricardo Gareca (2014)
13 jogos
4 vitórias
1 empate
8 derrotas

Gilson Kleina (2012/2014)
106 jogos
57 vitórias
20 empates
29 derrotas

Felipão (2010/2012)
157 jogos
68 vitórias
47 empates
42 derrotas

Antônio Carlos (2010)
19 jogos
9 vitórias
5 empates
5 derrotas

Muricy Ramalho (2009/2010)
34 jogos
13 vitórias
11 empates
10 derrotas

Jorge Parraga, Murtosa, Narciso e Alberto Valentim comandaram o time interinamente no período e por isso não entram na conta.

 



MaisRecentes

Palmeiras repete maior goleada do Allianz Parque



Continue Lendo

Metade dos dez melhores públicos da Arena Corinthians são de 2017



Continue Lendo

Quando cada time foi campeão nos pontos corridos



Continue Lendo