Joia foi a atitude de Marcelo Oliveira



(Gil Leonardi/L!Press)

(Gil Leonardi/L!Press)

Marcelo Oliveira já se consolidou como um dos principais técnicos do Brasil. E na coletiva após a vitória do Cruzeiro sobre o Santos o que chamou a atenção foi a postura em relação ao assistente Rodrigo Pereira Joia. Ao invés de chorar o gol anulado, de maneira equivocada pelo bandeira, o treinador preferiu valorizar a vitória de sua equipe e a vantagem obtida na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil.

– Houve um erro que nos daria uma vantagem ainda maior, de dois gols. Um erro do bandeirinha, sem nenhum problema de tendência, não foi tendencioso, mas ele está na linha para fazer isso, e infelizmente nos prejudicou. Mas, não vou falar de arbitragem, porque o Cruzeiro jogou muito bem e tem a possibilidade de sair da Vila Belmiro classificado para a final – disse Marcelo.

O técnico brasileiro tem como péssima mania vociferar contra a arbitragem, independente de ter razão ou não, por isso a atitude do cruzeirense é louvável. O erro de Joia deixou o confronto da Vila Belmiro mais aberto e a Raposa se fizer fora de casa fica em ótima situação. Isso os mineiros conseguiram nas outras duas fases em que já passaram na Copa do Brasil e no Brasileirão só deixou de marcar seis vezes em 31 rodadas. Ao Peixe, o segundo tempo no Mineirão é o exemplo de que é possível ser superior. Mas é preciso caprichar nas finalizações.

 



  • moises

    valeu marcelo

  • BillM

    Esse gol, injustamente invalidado, poderá fazer muita falta ao Cruzeiro, dependendo do resultado da próxima partida. O Cruzeiro tem sido muito prejudicado pelas arbitragens neste ano e a diretoria e a comissão técnica deveriam por a ¨boca no mundo¨, e não dar uma de bonzinhos!

  • EDILSON

    ASSINO EMBAIXO. QUE SIRVA DE EXEMPLO PARA O SR. MANO MENEZES.

  • Eleitor

    Olha, desculpe-me, mas ele tinha todo o direito de “chorar” pela falha do assistente. O sujeito, presume-se, é um profissional, está ali pra cumprir uma função muito simples, e mesmo que estivesse em dúvida, a orientação é para que não se anule o gol. Convenhamos: o erro foi grosseiro. E pode sim prejudicar a equipe. Tudo isso seria muito mais simples se a FIFA não fosse a organização esportiva mais retrógrada do mundo, e permitisse a reanálise de lances controversos por gravação.

  • Ate guamdo o cruzeiro sera roubado e nada acontecera , foi asim na libertadores , brasileiro , copa. Do Brasil. São gols mau anulados , pênaltis náo marcados etc .sera que ser o melhor time do momento e o problema?

  • Jose Augusto

    Marcelo Oliveira, meus Parabéns pela sua postura profissional.
    Porem sou cruzeirense , e acho estranho alguns comentários :
    1) 20.05.2013 o Kalil disse que iriamos apanhar por 8 anos…
    2) dia 22.09.2014 recente,disse que o cruzeiro já não era mais freguês..era cliente.
    3) O Levir Culpi , a dias atrás soltou uma nota pouco antes do jogo contra o cruzeiro, dizendo que o o cruzeiro era time …assim…. assado.. e você é um grande técnico(Final da Partida tirou um saro..danado de todo time cruzeirense…porém é polido diante das câmeras)
    4) Ontem soltou mais uma dizendo que o cruzeiro é favorito…mas….. dizendo palavras de ordem de grito de guerra mesmo(Somos capazes de coisas inacreditáveis)

    O Clima que esta sendo imposto aos clubes quando jogam com o Atlético diante da necessidade de resultados difíceis, são de uma torcida no estilo que eles acham adequada.(Acho ate perigoso, pois no meu entender trata-se de jogos de esporte coletivo. Que ter garra é o diferencial não resta duvida, porém trazer para uma disputa esportiva atos e atitudes de enfrentamento , poderemos ter ai facções de alto perigo. Quando diante do lado em que não ganha)
    Porém Marcelo, vejo o cruzeiro sendo garfado,chincalhado,prejudicado e de certa forma , colocado em uma esfera de discussão dos dirigentes e de alguns jogadores.Veja o Comentário do Luan( ” todos vão ver este jogo. E ganhar na casa deles seriam ..etc…)..Seria para toda torcida cruzeirense é ganhar o titulo mesmo, para nos e não para cutucar ninguém. Nem mesmo eles, pois devemos e despreza-los mesmo. Parabéns a todo seu grupo

MaisRecentes

Mandantes venceram 52% dos clássicos com torcida única, mas há quatro jogos não ganham



Continue Lendo

Sport troca de técnico pela segunda vez no ano. Veja as mudanças na Série A em 2017



Continue Lendo