Itália tem seu apocalipse anunciado



Buffon lamenta em lance contra a Suécia, no jogo da eliminação (Foto: AFP)

A Itália está fora da Copa do Mundo e o jornal Gazzetta dello Sport trata a eliminação para a Suécia como apocalipse. A preocupação e o receio de que isso poderia acontecer vinham desde a eliminação, ainda na primeira fase do Mundial disputado no Brasil.

Ex-jogadores como Sergio Roticiani, companheiro de Pelé no Cosmos, e Attilio Sorbi, colega de Falcão nos tempos de Roma, já temiam pelo pior em dezembro de 2014 (leia mais aqui). Os dois trabalham na federação italiana e dão aulas teóricas e práticas em cursos. Meses depois da saída precoce na fase de grupos, a segunda seguida na Copa, ambos deixaram claro que o processo de rejuvenescer o selecionado era um grande desafio e que o título conquistado em 2016 era um ponto fora da curva. Desde então, grandes nomes daquela squadra campeã se aposentaram da seleção e alguns até do futebol.

Entre um ciclo e outro de Copa, é bem verdade que a Itália se encontrou no momento em que esteve sob o comando de Antonio Conte. Na Eurocopa do ano passado, terminou em primeiro da sua chave com vitórias sobre a Bélgica e a própria Suécia, algoz de agora. Nas oitavas, eliminou a Espanha, até então a detentora do título, e enfrentou de igual para igual a campeã Alemanha, sendo eliminada nos pênaltis. Naquele instante, o apocalipse parecia distante. Parecia. Logo depois Conte foi trabalhar no Chelsea e a Azzurra ficou para trás no grupo em que tinha a Fúria, outra seleção que ficou pelo caminho quando enfrentou a Itália na Euro.

O processo de reestruturação trabalhado pela federação contava com o risco da tetracampeã ficar fora, mas o desafio era rejuvenescer e se garantir na Rússia. Não foi o que aconteceu e o apocalipse chegou. Ruim para a Itália e pior ainda para Buffon, ídolo que não merecia se despedir assim após cinco Copas do Mundo e um título.



MaisRecentes

Grêmio torna-se o segundo brasileiro com mais vitórias na Libertadores



Continue Lendo

Grêmio tenta acabar com sequência de campeões em casa na Libertadores



Continue Lendo

Rebaixado, Atlético-GO tem chance de ser ‘melhor’ lanterna



Continue Lendo