Gilson Kleina cai e agora Tite e Levir são os ‘sobreviventes’ do Brasileirão de 2015



O técnico Gilson Kleina não aguentou a sequência negativa do Avaí e acabou demitido nesta terça-feira. Ele era um dos três técnicos sobreviventes desde o começo do Campeonato Brasileiro de 2015. Agora, somente Tite e Levir Culpi seguem no cargo pelos mesmos clubes após 34 rodadas. Já são 30 mudanças até o momento.

Mudanças de comando no Brasileirão 2015:

Depois da segunda rodada:
1 – Grêmio: saiu Felipão / entrou James Freitas (interino) e na quarta rodada Roger assumiu.
2 – Fluminense: saiu Ricardo Drubscky / entrou Enderson Moreira

Depois da terceira rodada:
3 – Flamengo: saiu Luxemburgo / entrou: Jayme de Almeida (interino) e Cristovão Borges assumiu na quarta rodada.

Depois da quarta rodada:
4 – Cruzeiro: saiu Marcelo Oliveira / entrou: Vanderlei Luxemburgo

Depois da quinta rodada:
5 – Joinville: saiu Hemerson Maria / entrou Adilson Baptista
6 – São Paulo: saiu Milton Cruz / entrou: Juan Carlos Osorio
Depois da sexta rodada:

 

7 – Coritiba: saiu Marquinhos Santos / entrou Ney Franco
8 – Palmeiras: saiu Oswaldo de Oliveira / entrou Alberto Valentim na sétima rodada e Marcelo Oliveira assumiu na oitava.

Depois da oitava rodada:
9 – Vasco: saiu Doriva / entrou Celso Roth
10 – Goiás: saiu Hélio dos Anjos / entrou Augusto César e Julinho Camargo assumiu na décima terceira rodada.

Depois da décima segunda rodada:
11 – Santos: saiu Marcelo Fernandes / entrou Dorival Júnior

Depois da décima quinta rodada:
12 – Joinville: saiu Adilson Batista / entrou PC Gusmão

Depois da décima sexta rodada:
13 – Ponte Preta: saiu Guto Ferreira / entrou Doriva
14 – Internacional: saiu: Diego Aguirre / Odair Hellman assumiu interinamente e Argel foi contratado após a décima nona rodada

Depois da décima oitava roda:
15 – Figueirense: saiu: Argel / Hudson Coutinho assumiu interinamente e René Simões  entrou na vigésima rodada.
Depois da décima nona rodada:
16 – Vasco: saiu: Celso Roth / entrou: Jorginho
17 – Flamengo: saiu: Cristovão Borges / entrou: Oswaldo de Oliveira

Depois da vigésima primeira rodada:
18 – Cruzeiro: saiu: Vanderlei Luxemburgo / Deivid assumiu e Mano Menezes assumiu na vigésima terceira rodada.

Depois da vigésima quinta rodada:
19 – Chapecoense: saiu: Vinícius Eutrópio / Guto Ferreira assumiu na vigésima sexta rodada.

Depois da vigésima sexta rodada:
20 – Fluminense: saiu: Enderson Moreira / entrou: Eduardo Baptista
21 – Figueirense: saiu: René Simões, Hudson Coutinho comandou na vigésima sétima rodada
22 – Goiás: saiu: Julinho Camargo, Wanderley Filho comandou na vigésima sétima rodada e depois Arthur Neto assumiu.
23 – Sport: saiu: Eduardo Baptista, Daniel Paulista comandou na vigésima sétima rodada e depois Falcão assumiu na seguinte.

Depois da vigésima oitava rodada:
24 – Atlético-PR: saiu: Milton Mendes, Sérgio Vieira comandou na vigésima oitava rodada e Cristovão Borges assumiu.

Depois da vigésima nona rodada:
25 – São Paulo: saiu Juan Carlos Osorio / entrou Doriva
26 – Ponte Preta: saiu Doriva / entrou Felipe Moreira

Depois da trigésima primeira rodada:
27 – Goiás: saiu Arthur Neto / entrou Danny Sérgio

Depois da trigésima terceira rodada:
28 – Coritiba: saiu Ney Franco / entrou Pachequinho

Depois da trigésima quarta rodada:
29 – São Paulo: saiu Doriva / entrou Milton Cruz
30 – Avaí: saiu Gilson Kleina



MaisRecentes

Guardiola jamais havia sofrido quatro gols em três jogos na mesma temporada



Continue Lendo

40% dos clubes da Série A contrataram novos técnicos para 2017



Continue Lendo