Figueirense muda de técnico pela terceira vez na temporada



Argel deixou o comando do Figueirense (Foto: Divulgação)

Argel deixou o comando do Figueirense depois de nove partidas (Foto: Divulgação)

Argel Fucks deixou o comando do Figueirense depois da derrota para o Cruzeiro. Foram apenas nove jogos desde o retorno dele ao Orlando Scarpelli, com uma vitória, quatro empates e outras quatro derrotas. O Figueira mudou de comando três vezes em oito meses de temporada e passou a ser o recordista entre clubes da Série A. Ponte Preta, América-MG, Cruzeiro, Coritiba, Internacional e Santa Cruz trocaram duas. No ano de 2016 já são 25 mudanças entre os clubes da Série A, 17 delas durante o Campeonato Brasileiro. Somente Grêmio, Santos e Vitória estão com os mesmos técnicos.

Como começou a temporada de 2016:
América-MG: Givanildo Oliveira
Atlético-MG: Diego Aguirre
Atlético-PR: Cristovão Borges
Botafogo: Ricardo Gomes
Chapecoense: Guto Ferreira
Corinthians: Tite
Coritiba: Gilson Kleina
Cruzeiro: Deivid
Figueirense: Hudson Coutinho
Flamengo: Muricy Ramalho
Fluminense: Eduardo Baptista
Grêmio: Roger Machado
Internacional: Argel Fucks
Palmeiras: Marcelo Oliveira
Ponte Preta: Vinícius Eutrópio
Santa Cruz: Marcelo Martelotte
Santos: Dorival Júnior
São Paulo: Edgardo Bauza
Sport: Falcão
Vitória: Vagner Mancini

 Trocas em 2016:
Ponte Preta: saiu Vinicius Eutrópio e chegou Alexandre Gallo
Figueirense: saiu Hudson Coutinho e chegou Vinicius Eutrópio
Fluminense: saiu Eduardo Baptista e chegou Levir Culpi
Palmeiras: saiu Marcelo Oliveira e chegou Cuca
Atlético-PR: saiu Cristovão Borges e chegou Paulo Autuori
Santa Cruz: saiu Marcelo Martellote e chegou Milton Mendes
Ponte Preta: saiu Alexandre Gallo e chegou Eduardo Baptista
Sport: saiu Falcão e chegou Oswaldo de Oliveira
Cruzeiro: saiu Deivid e chegou Paulo Bento
Atlético-MG: saiu Diego Aguirre e chegou Marcelo Oliveira
Flamengo: saiu Muricy Ramalho e entrou Zé Ricardo
Coritiba: saiu Gilson Kleina e entrou Pachequinho
América-MG: saiu: Givanildo Oliveira e chegou Sergio Vieira
Corinthians: saiu: Tite e chegou Cristóvão Borges

Chapecoense: saiu: Guto Ferreira e chegou Caio Júnior
Internacional: saiu: Argel e chegou Falcão
Figueirense: saiu: Vinícius Eutrópio e chegou Argel
América-MG: saiu Sergio Vieira e chegou Enderson Moreira
Cruzeiro: saiu Paulo Bento e chegou Mano Menezes
São Paulo: saiu: Edgardo Bauza e chegou Ricardo Gomes
Coritiba: saiu Pachequinho e chegou Paulo Cesar Carpegiani
Internacional: saiu Falcão e chegou Celso Roth
Santa Cruz: saiu Milton Mendes e chegou Doriva
Botafogo: saiu Ricardo Gomes e chegou Jair Ventura
Figueirense: saiu Argel

Mudanças no Campeonato Brasileiro

Depois da primeira rodada…

1 – Cruzeiro: saiu Geraldo Delamore (interino) / entrou Paulo Bento
2 – Atlético-MG: saiu Diego Aguirre / entrou Marcelo Oliveira

 Depois da terceira rodada…
3 – Flamengo: saiu Muricy Ramalho / entrou Zé Ricardo (

Depois da quinta rodada…
4 – Coritiba: saiu Gilson Kleina / entrou Pachequinho
5 – América-MG: saiu Givanildo Oliveira / entrou Sergio Vieira

Depois da sétima rodada…
6 – Corinthians: saiu Tite / Cristóvão Borges assumiu na décima rodada

Depois da décima rodada…
7 – Chapecoense: saiu Guto Ferreira / Caio Júnior assumiu na décima segunda rodada

Depois da décima quarta rodada:
8 – Internacional: saiu Argel / entrou Falcão
9 – Figueirense: saiu Vinícius Eutrópio / entrou Argel

Depois da décima quinta rodada:
10 – América-MG: saiu Sergio Vieira / entrou Enderson Moreira

Depois da décima sexta rodada:
11 – Cruzeiro: saiu Paulo Bento / entrou Mano Menezes

Depois da décima oitava rodada:
12 – São Paulo: saiu Bauza / entrou Ricardo Gomes na vigésima primeira rodada
13 – Coritiba: saiu Pachequinho / entrou Paulo Cesar Carpegiani

Depois da décima nona rodada:
14 – Internacional: saiu Falcão / entrou Celso Roth
15 – Santa Cruz: saiu Milton Mendes / entrou Doriva
16 – Botafogo: saiu Ricardo Gomes / entrou Jair Ventura

Depois da vigésima primeira rodada:
17 – Figueirense: saiu Argel



  • RENATO

    COMO SE A CULPA FOSSE SÓ DO TÉCNICO.

MaisRecentes

Fim do jejum! Veja o período em que Borja ficou sem marcar pelo Palmeiras



Continue Lendo

Dorival tem aproveitamento melhor do que Ceni no Brasileiro



Continue Lendo

Cruzeiro pode ser o campeão da Copa do Brasil com melhor desempenho no Brasileirão



Continue Lendo