Faltou habilidade a Nobre



Paulo Nobre atacou o São Paulo e como uma das suas justificativas para a perda de Alan Kardec lembrou da richa histórica entre os clubes. O fato é que o presidente palmeirense não soube conduzir a negociação como ela deveria. E não foi a primeira vez.

No caso de Barcos a troca com o Grêmio nem aconteceu como era prevista e o clube espera até hoje a chegada do quinto jogador gaúcho. A renovação de Gilson Kleina se estendeu ao extremo e não houve a troca só porque Marcelo Bielsa pediu muito. Vale lembrar que a diretoria procurou o técnico argentino enquanto Kleina ainda estava sob o antigo vínculo. O treinador mesmo depois de tudo aceitou a renovação, porém algum outro mais renomado teria deixado o Palmeiras.

A política de reconstrução financeira aplicada por Nobre é totalmente louvável, mas ele e José Carlos Brunoro não souberam mensurar a importância de Kardec neste momento. Para piorar, a saída foi para um rival.



MaisRecentes

Mundial pode fazer Cristiano Ronaldo igualar marca de Pelé



Continue Lendo

Grêmio tenta acabar com hegemonia espanhola no Mundial



Continue Lendo

Gabriel Jesus perde invencibilidade de um ano em jogos oficiais



Continue Lendo