Em metade dos jogos dos estaduais de Rio e São Paulo clubes pagam para jogar



Vasco e Barra Mansa teve a pior renda dos dois estaduais até agora (Paulo Sergio/L!Press)

Vasco e Barra Mansa teve a pior renda dos estaduais até agora entre Rio e São Paulo (Paulo Sergio/L!Press)

Principais campeonatos estaduais do país, São Paulo e Rio de Janeiro ostentam juntos a marca negativa de 51% dos jogos com renda negativa. Depois de dez rodadas disputadas em cada um deles, nem os grandes escapam. No Rio, Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco já tiveram que pagar para jogar. Já em São Paulo, Santos e São Paulo também tiveram partidas com renda líquida negativa.

O Vasco, inclusive, tem o pior valor dos dois estaduais em uma única partida. Contra o Barra Mansa, na quinta rodada, o borderô apontou déficit de R$ 52.614,20. No Paulistão essa marca pertence a Portuguesa. Contra o Capivariano, na décima rodada, o clube saiu devedor em R$ 40.409,29.

Os únicos pontos fora da curva são Palmeiras e Corinthians. O Verdão levou para os cofres R$  8.344.873,54 enquanto o Timão R$ 3.451.217,45.

Jogos do Campeonato Paulista, após dez rodadas:
99 jogos
41 com renda negativa (41%)
Corinthians x Portuguesa fazem jogo atrasado da quarta rodada na semana que vem.

Jogos do Campeonato Carioca, após dez rodadas:
80 jogos
51 com renda negativa (63%)



  • Comedor de bambi

    Os bambis só tem renda positiva quando apanha do Timão pelo menos não perde de tudo.

  • Thiago Almeida

    KKKKKKKKKKKK, sou Palmeirense mas achei o comentario desse corinthiano engraçado kkkk.
    Concordo com ele o São Paulo tem renda positiva quando apanha dos gambá. kkkkk

    Sabe o problema dos sao paulinos??? eles não podem tomar friagem !! hahahahahah ficam doentinhos, criado com vó eles hahahahah

  • kkkkkkkkkkkkkkkk

  • AStolfo

    So segunda divisão nesses posts.

MaisRecentes

Dorival tem aproveitamento melhor do que Ceni no Brasileiro



Continue Lendo

Cruzeiro pode ser o campeão da Copa do Brasil com melhor desempenho no Brasileirão



Continue Lendo

CBF arrecada em um jogo mais do que 18 clubes da Série A em todo Brasileirão



Continue Lendo