Dorival Júnior é o técnico rival que mais esteve no Allianz Parque



Dorival Júnior estará no banco de reservas do visitante no Allianz Parque no próximo domingo pela quinta vez. Nos 88 jogos do Palmeiras desde a volta para casa, ele é o treinador que mais ocupou o lugar, sempre sob o comando do Santos. Assim como o São Paulo, que ainda não venceu o rival no Allianz – são quatro derrotas em quatro jogos – Dorival também não triunfou no estádio.

Nas quarto vezes anteriores, todas com o Santos, o treinador perdeu duas vezes, no Brasileiro de 2015 e na final da Copa do Brasil do mesmo ano, e empatou outras duas em 2016: Paulista e Brasileiro. Dorival já esteve do outro lado, afinal comandou o Palmeiras nos dois jogos em que o time fez no Allianz no fim de 2014 e também não conseguiu ganhar: perdeu para o Sport e empatou com o Atlético-PR.

Outra curiosidade é que este será o quinto Choque-Rei no Allianz Parque e o Tricolor teve técnicos diferentes em todos eles: Muricy Ramalho (Paulista de 2015), Juan Carlos Osorio (Brasileiro de 2015), Ricardo Gomes (Brasileiro de 2016) e Rogério Ceni (Paulista de 2017).

Jogos de Dorival no Allianz:
Palmeiras 1×1 Santos (Brasileiro-16)
Palmeiras 0x0 Santos (Paulista-16)
Palmeiras 2×1 Santos (Copa do Brasil-15)
Palmeiras 1×0 Santos (Brasileiro-15)
Palmeiras 1×1 Atlético-PR (Brasileiro-14)
Palmeiras 0x2 Sport (Brasileiro-14)

Técnicos rivais que mais estiveram no Allianz:
Dorival Júnior: 4 vezes (Santos)
Eduardo Baptista: 3 vezes (Sport, Fluminense e Ponte Preta)
Tite: 3 vezes (Corinthians)
Sérgio Vieira: 3 vezes (Ferroviária, América-MG e São Bernardo)
Milton Mendes: 3 vezes (Atlético-PR, América-MG e Vasco)
Vinicius Eutrópio: 3 vezes (Chapecoense, duas vezes, e Figueirense)

 



MaisRecentes

Grêmio torna-se o segundo brasileiro com mais vitórias na Libertadores



Continue Lendo

Grêmio tenta acabar com sequência de campeões em casa na Libertadores



Continue Lendo

Rebaixado, Atlético-GO tem chance de ser ‘melhor’ lanterna



Continue Lendo