Dorival deixa o Palmeiras com aproveitamento só melhor do que Gareca



O Palmeiras subiu da segunda para a primeira divisão no 26 de outubro de 2013 e após cumprir o seu principal objetivo no ano passado a diretoria tinha dúvidas sobre a permanência de Gilson Kleina, mas decidiu bancar o treinador até ele ser demitido em maio deste ano. Dorival Júnior chegou quatro meses depois com a missão de manter o clube na elite e conseguiu muito em função do péssimo nível dos rivais. Mesmo com contrato até o meio de 2015 acabou demitido no dia seguinte ao fim do Campeonato Brasileiro.

Dos quatro comandantes que passaram pelo Verdão na temporada, Dorival só ficou à frente de Gareca em aproveitamento e foi aquele que mais perdeu. Vale lembrar que pela primeira vez na história o Palmeiras terminou o ano com mais de 40% de derrotas. O fato é que a demora em efetivar Kleina sem convicção não se repetiu com Dorival. É um bom começo na reestruturação mais do que necessária que o time precisa ter para não passar sustos no ano que vem.

Desempenho dos técnicos do Palmeiras em 2014:
Gilson Kleina: 23 jogos (15 vitórias / 2 empates / 6 derrotas) – 68% de aproveitamento
Dorival Júnior: 20 jogos (7 vitórias / 4 empates / 9 derrotas) – 41% de aproveitamento
Ricardo Gareca: 13 jogos (4 vitórias / 1 empate / 8 derrotas) – 33% de aproveitamento
Alberto Valentim: 8 jogos (4 vitórias / 1 empate / 3 derrotas) – 54% de aproveitamento

(Ari Ferreira/L!Press)

(Ari Ferreira/L!Press)

Jogos de Dorival Júnior no Palmeiras:
Atlético-PR 1×1 Palmeiras
Palmeiras 1×0 Criciúma
Fluminense 3×0 Palmeiras
Palmeiras 2×2 Flamengo
Goiás 6×0 Palmeiras
Palmeiras 2×0 Vitória
Figueirense 3×1 Palmeiras
Palmeiras 4×2 Chapecoense
Botafogo 0x1 Palmeiras
Palmeiras 2×1 Grêmio
Palmeiras 1×3 Santos
Cruzeiro 1×1 Palmeiras
Palmeiras 1×1 Corinthians
Bahia 0x1 Palmeiras
Palmeiras 0x2 Atlético-MG
São Paulo 2×0 Palmeiras
Palmeiras 0x2 Sport
Coritiba 2×0 Palmeiras
Internacional 3×1 Palmeiras
Palmeiras 1×1 Atlético-PR

 

 



  • Luiz Claudio

    Corrigindo….
    6 V, 5E, 9D…………aproveitamento 38,3%

  • Mauricio

    Vale lembrar apenas que o Gareca não tinha Prass nem Valdivia.

  • Rodrigo

    Isso nada mais demonstra que a culpa não é do técnico e sim dessa diretoria do Paulo Nobre que não entende nada de futebol.

  • Os N0s. não mentem, se o Palmeiras tivesse acreditado no bom trabalho do Gilson Cleina, não tinha passado o sufoco que passou!!!!!

MaisRecentes

Os Majestosos internacionais



Continue Lendo

Marcos Rocha é o único remanescente da Seleção ‘caseira’



Continue Lendo

Com melhor aproveitamento da Arena, Tite volta ao estádio com a Seleção



Continue Lendo