Diego Aguirre deixa o Internacional e trocas no Campeonato Brasileiro de 2015 já superam as do ano passado, após 16 rodadas



O Internacional aumentou a lista de técnicos demitidos neste Campeonato Brasileiro ao anunciar a queda de Diego Aguirre. Com a saída do uruguaio, são 14 mudanças em 16 rodadas. O número já é maior do que no Brasileirão do ano passado quando 13 trocas foram feitas no mesmo período.

Trocas de técnicos no Brasileirão 2015:

Depois da segunda rodada:
1 – Grêmio: saiu Felipão / entrou James Freitas (interino) e na quarta rodada Roger assumiu.
2 – Fluminense: saiu Ricardo Drubscky / entrou Enderson Moreira

Depois da terceira rodada:
3 – Flamengo: saiu Luxemburgo / entrou: Jayme de Almeida (interino) e Cristovão Borges assumiu na quarta rodada.

Depois da quarta rodada:
4 – Cruzeiro: saiu Marcelo Oliveira / entrou: Vanderlei Luxemburgo

Depois da quinta rodada:
5 – Joinville: saiu Hemerson Maria / entrou Adilson Baptista
6 – São Paulo: saiu Milton Cruz / entrou: Juan Carlos Osorio
7 – Coritiba: saiu Marquinhos Santos / entrou Ney Franco

Depois da sexta rodada:
8 – Palmeiras: saiu Oswaldo de Oliveira / entrou Alberto Valentim na sétima rodada e Marcelo Oliveira assumiu na oitava.

Depois da oitava rodada:
9 – Vasco: saiu Doriva / entrou Celso Roth
10 – Goiás: saiu Hélio dos Anjos / entrou Augusto César e Julinho Camargo assumiu na décima terceira rodada.

Depois da décima segunda rodada:
11 – Santos: saiu Marcelo Fernandes / entrou Dorival Júnior

Depois da décima quinta rodada:
12 – Joinville: saiu Adilson Batista / entrou PC Gusmão

Depois da décima sexta rodada:
13 – Ponte Preta: saiu Guto Ferreira / entrou Doriva
14 – Internacional: saiu: Diego Aguirre

Trocas de técnicos em 2014, após 16 rodadas:

Depois da primeira rodada:
1 – Atlético-MG: saiu – Paulo Autuori entrou: Levir Culpi

Depois da segunda rodada:
2 – Criciúma: saiu – Caio Júnior entrou: Wagner Lopes
3 – Figueirense: saiu – Vinicius Eutrópio entrou: Guto Ferreira

Depois da terceira rodada:
4 – Palmeiras: saiu – Gilson Kleina entrou: Alberto Valentim (interino) / Ricardo Gareca assumiu na décima rodada.

Depois da quarta rodada:
5 – Flamengo: saiu – Jayme de Almeida entrou: Ney Franco
6 – Vitória: saiu – Ney Franco entrou: Carlos Amadeu / Jorginho assumiu na sétima rodada.

Depois da quinta rodada:
7 – Atlético-PR: saiu – Miguel Ángel Portugal / entrou: Leandro Ávila (interino) / Doriva assumiu na décima rodada.

Depois da sexta rodada:
8 – Chapecoense: saiu: Gilmar Dal Pozzo / entrou: Celso Rodrigues

Depois da décima primeira rodada:
9 – Figueirense: saiu: Guto Ferreira / entrou: Argel Fucks
10 – Flamengo: saiu: Ney Franco / entrou: Vanderlei Luxemburgo

Depois da décima segunda rodada:
11 – Bahia: saiu: Marquinhos Santos / entrou: Charles (interino). Gilson Kleina assumiu na décima quinta rodada.
12 – Grêmio: saiu: Enderson Moreira / entrou: Felipão, mas somente na décima quarta rodada. André Jardine comandou a equipe em uma partida.

Depois da décima sexta rodada:
13 – Vitória: saiu: Jorginho / entrou: Ney Franco, mas só assumiu na décima oitava rodada. Eder Bastos ficou no banco.



MaisRecentes

Corinthians arrecada cinco vezes mais do que os outros jogos da rodada somados



Continue Lendo

Confira raio x atualizado dos clubes brasileiros na fase preliminar da Libertadores



Continue Lendo

Dérbi terá dois técnicos estreantes no clássico após 11 anos



Continue Lendo