Diego Aguirre deixa o Internacional e trocas no Campeonato Brasileiro de 2015 já superam as do ano passado, após 16 rodadas



O Internacional aumentou a lista de técnicos demitidos neste Campeonato Brasileiro ao anunciar a queda de Diego Aguirre. Com a saída do uruguaio, são 14 mudanças em 16 rodadas. O número já é maior do que no Brasileirão do ano passado quando 13 trocas foram feitas no mesmo período.

Trocas de técnicos no Brasileirão 2015:

Depois da segunda rodada:
1 – Grêmio: saiu Felipão / entrou James Freitas (interino) e na quarta rodada Roger assumiu.
2 – Fluminense: saiu Ricardo Drubscky / entrou Enderson Moreira

Depois da terceira rodada:
3 – Flamengo: saiu Luxemburgo / entrou: Jayme de Almeida (interino) e Cristovão Borges assumiu na quarta rodada.

Depois da quarta rodada:
4 – Cruzeiro: saiu Marcelo Oliveira / entrou: Vanderlei Luxemburgo

Depois da quinta rodada:
5 – Joinville: saiu Hemerson Maria / entrou Adilson Baptista
6 – São Paulo: saiu Milton Cruz / entrou: Juan Carlos Osorio
7 – Coritiba: saiu Marquinhos Santos / entrou Ney Franco

Depois da sexta rodada:
8 – Palmeiras: saiu Oswaldo de Oliveira / entrou Alberto Valentim na sétima rodada e Marcelo Oliveira assumiu na oitava.

Depois da oitava rodada:
9 – Vasco: saiu Doriva / entrou Celso Roth
10 – Goiás: saiu Hélio dos Anjos / entrou Augusto César e Julinho Camargo assumiu na décima terceira rodada.

Depois da décima segunda rodada:
11 – Santos: saiu Marcelo Fernandes / entrou Dorival Júnior

Depois da décima quinta rodada:
12 – Joinville: saiu Adilson Batista / entrou PC Gusmão

Depois da décima sexta rodada:
13 – Ponte Preta: saiu Guto Ferreira / entrou Doriva
14 – Internacional: saiu: Diego Aguirre

Trocas de técnicos em 2014, após 16 rodadas:

Depois da primeira rodada:
1 – Atlético-MG: saiu – Paulo Autuori entrou: Levir Culpi

Depois da segunda rodada:
2 – Criciúma: saiu – Caio Júnior entrou: Wagner Lopes
3 – Figueirense: saiu – Vinicius Eutrópio entrou: Guto Ferreira

Depois da terceira rodada:
4 – Palmeiras: saiu – Gilson Kleina entrou: Alberto Valentim (interino) / Ricardo Gareca assumiu na décima rodada.

Depois da quarta rodada:
5 – Flamengo: saiu – Jayme de Almeida entrou: Ney Franco
6 – Vitória: saiu – Ney Franco entrou: Carlos Amadeu / Jorginho assumiu na sétima rodada.

Depois da quinta rodada:
7 – Atlético-PR: saiu – Miguel Ángel Portugal / entrou: Leandro Ávila (interino) / Doriva assumiu na décima rodada.

Depois da sexta rodada:
8 – Chapecoense: saiu: Gilmar Dal Pozzo / entrou: Celso Rodrigues

Depois da décima primeira rodada:
9 – Figueirense: saiu: Guto Ferreira / entrou: Argel Fucks
10 – Flamengo: saiu: Ney Franco / entrou: Vanderlei Luxemburgo

Depois da décima segunda rodada:
11 – Bahia: saiu: Marquinhos Santos / entrou: Charles (interino). Gilson Kleina assumiu na décima quinta rodada.
12 – Grêmio: saiu: Enderson Moreira / entrou: Felipão, mas somente na décima quarta rodada. André Jardine comandou a equipe em uma partida.

Depois da décima sexta rodada:
13 – Vitória: saiu: Jorginho / entrou: Ney Franco, mas só assumiu na décima oitava rodada. Eder Bastos ficou no banco.



MaisRecentes

Semis do Paulista dão lucro de R$ 3,8 mi e as do Carioca prejuízo de R$ 393 mil



Continue Lendo

Jô iguala Guerrero ao marcar contra os três rivais na Arena



Continue Lendo

Ganso volta a marcar dois em um mesmo jogo após quase três anos



Continue Lendo