Juntos, Messi e C.Ronaldo são donos de 34% dos troféus de melhor do mundo



O prêmio de melhor jogador do mundo foi entregue na sede da Fifa nesta segunda-feira e Cristiano Ronaldo ganhou pela quarta vez. Junto com Messi, a dupla soma agora nove conquistas – 34,6% dos prêmios estão com os dois. Kaká foi o último a vencer antes dos dois assumirem o protagonismo.
Os campeões:
2016: Cristiano Ronaldo
2015: Messi
2014: Cristiano Ronaldo
2013: Cristiano Ronaldo
2012: Messi
2011: Messi
2010: Messi
2009: Messi
2008: Cristiano Ronaldo
2007: Kaká
2006: Cannavaro
2005: Ronaldinho Gaúcho
2004: Ronaldinho Gaúcho
2003: Zidane
2002: Ronaldo
2001: Figo
2000: Zidane
1999: Rivaldo
1998: Zidane
1997: Ronaldo
1996: Ronaldo
1995: George Weah
1994: Romário
1993: Roberto Baggio
1992: Marco Van Basten
1991: Lothar Matthaus
Maiores vencedores:
5 vezes: Messi
4 vezes: Cristiano Ronaldo
3 vezes: Zidane e Ronaldo
2 vezes: Ronaldinho Gaúcho
1 vez: Romário, Rivaldo, Kaká, Figo, Weah, Cannavaro, Baggio, Van Basten e Matthaus
Por país:
8 vezes: Brasil (Ronaldo (3), Ronaldinho Gaúcho (2), Rivaldo, Kaká e Romário)
5 vezes: Argentina (Messi (5))
5 vezes: Portugal (Cristiano Ronaldo (4) e Figo)
3 vezes: França (Zidane (3))
2 vezes: Itália (Baggio e Cannavaro)
1 vez: Holanda (Van Basten), Alemanha (Matthaus), Libéria (Weah)
Por posição:
Atacante: 16 vezes
Meia: 9 vezes
Zagueiro: 1 vez
*Post atualizado às 17h50 de 9 de janeiro.


  • MUÇÃOZINHO

    HAHAHAHA
    ADORO SABER QUE O NEYMALA NÃO VAI GANHAR NADA.
    MAIS UM ANO SENDO A SOMBRA DO MESSI E DO CR7

    HAHAHHAHAHA

  • Angêlo Turko

    As fotos de Cristiano Ronaldo em 2008 e de Messi em 2009 estão erradas! Elas são da Bola de Ouro – prêmio do jornal France Football – e não da FIFA que nestes anos tinha como troféu o FIFA World Player, os prêmios da France Football e da FIFA só foram unificados como FIFA Balon d’or em 2010. No troféu exclusivo da France Football, C.Ronaldo tem 2 bolas de ouro (2008 e 2016) e Messi 1 (2009).

MaisRecentes

Renato Gaúcho volta a colocar um técnico brasileiro na semi da Libertadores após quatro anos



Continue Lendo

Eduardo Baptista será o quarto técnico a comandar dois times no Brasileirão



Continue Lendo

Os brasileiros na semifinal da Copa Libertadores



Continue Lendo