Coritiba é o quarto clube da Série A a mudar duas vezes de técnico no ano



Pachequinho foi o décimo treinador a ser substituído em 15 rodadas do Campeonato Brasileiro de 2017. O número de mudanças é o mesmo se comparado ao ano passado no mesmo período do torneio.

A competição de 2016 terminou com 29 mudanças e a temporada inteira teve 37 alterações. Em sete meses do ano, são 16 trocas e 12 clubes da Série A já optaram por mudar de técnico. Coritiba, Atlético-PR, Vitória e Sport mudaram duas vezes.



  • Jane Tadeu da Silva

    O Pachequinho com todo o respeito sempre foi jogador com nível de série B e não poderia ser técnico de time de série A, o respeito dos jogadores é outro, ainda mais em um time como o COXQ

  • Jane Tadeu da Silva

    O Pachequinho com todo o respeito sempre foi jogador com nível de série B e não poderia ser técnico de time de série A, o respeito dos jogadores é outro, ainda mais em um time como o COXA que tem jogadores de egos diferentes, vide o setor ofensivo, jogadores que se acham bons como Kleber, Henrique Almeida, Neto Berolla, Rildo e outros que ofuscam os outros com suas famas e ganham mais, todo mundo quer jogar e ele não sabe o que fazer, começaram bem a temporada e agora vem caindo de produção pela falta do líder Kleber que pegou 15 jgos de suspensão, abalou o time sem ele e aí quem paga sempre é o técnico, vide o RC, Doriva, Gallo, Eduardo Batista, Ney Franco, Chamusca, Wagner Mancini, e outros, esses dias estão falando Zé Ricardo e o Cuca que não vinham ganhando jogos, imagine o Pachequinho então.

MaisRecentes

São Paulo tem pior início no Paulista desde 2010



Continue Lendo

No Pacaembu, Corinthians arrecada quase R$ 1 mi a menos do que na Arena



Continue Lendo

Neymar marca quatro gols em um mesmo jogo pela quinta vez na carreira



Continue Lendo