Brasileirão tem menos trocas de comando do que nos últimos anos



O Campeonato Brasileiro chegou ao fim com 24 trocas de comando durante a competição. O número de mudanças caiu em relação aos últimos dois anos na competição.

Em 2016 foram 29 alterações, contra 32 de 2015, recorde de trocas de técnicos no Brasileirão por pontos corridos. A última vez que tinha ficado abaixo desta temporada foi há três anos: 23.

Durante 2017, 14 clubes da Série A mudaram de treinador e 30 alterações foram feitas (veja aqui). Fábio Carille, Jair Ventura, Renato Gaúcho, Mano Menezes, Abel Braga e Claudinei Oliveira permaneceram nas mesmas equipes.

Rebaixado com o Avaí, Claudinei igualou Vagner Mancini como o técnico que permaneceu do início ao fim do Brasileirão por um time que caiu. Mancini fez isso com o Guarani (2004) e Botafogo (2014).



MaisRecentes

Gabriel Jesus perde invencibilidade de um ano em jogos oficiais



Continue Lendo

Atlético-GO termina como o ‘melhor’ lanterna dos pontos corridos



Continue Lendo

Tite pode chegar até a Copa com só 20 jogos. Último com tão poucas partidas foi campeão



Continue Lendo