Assim como no ano passado, oito trocas em seis rodadas. Fla e Verdão repetem a dose



(Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

(Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

Oito mudanças de comando em apenas seis rodadas do Campeonato Brasileiro. Esse é o número até agora na Série A e isso repete o que aconteceu no ano passado no mesmo período. Flamengo e Palmeiras são os únicos que mudaram de técnico nos dois anos. Em 2015, Luxa caiu para a chegada de Cristovão Borges no Fla e Oswaldo de Oliveira foi o último a ser demitido, nesta terça-feira.

No ano passado, Jayme de Almeida deu lugar a Ney Franco no Rubro-Negro, enquanto Gilson Kleina deu lugar a Ricardo Gareca – Alberto Valentim – comandou o time durante em cinco rodadas. Curiosamente, até o fim do torneio Flamengo e Palmeiras ainda trocariam outra vez de comando.

Trocas em 2015 após seis rodadas:

Depois da segunda rodada:
1 – Grêmio: saiu Felipão / entrou James Freitas (interino) e na quarta rodada Roger assumiu.
2 – Fluminense: saiu Ricardo Drubscky / entrou Enderson Moreira

Depois da terceira rodada:
3 – Flamengo: saiu Luxemburgo / entrou Jayme de Almeida (interino) e Cristovão Borges assumiu na quarta rodada.

Depois da quarta rodada:
4 – Cruzeiro: saiu Marcelo Oliveira / entrou Vanderlei Luxemburgo

Depois da quinta rodada:
5 – Joinville: saiu Hemerson Maria / entrou Adilson Baptista
6 – São Paulo: saiu Milton Cruz / entrou Juan Carlos Osorio – única troca sem demissão
7 – Coritiba: saiu Marquinhos Santos / entrou Ney Franco

Depois da sexta rodada:
8 – Palmeiras: saiu Oswaldo de Oliveira
Trocas em 2014 após seis rodadas:

Depois da primeira rodada:
1 – Atlético-MG: saiu Paulo Autuori / entrou Levir Culpi

Depois da segunda rodada:
2 – Criciúma: saiu – Caio Júnior entrou: Wagner Lopes
3 – Figueirense: saiu – Vinicius Eutrópio entrou: Guto Ferreira

Depois da terceira rodada:
4 – Palmeiras: saiu Gilson Kleina /entrou Alberto Valentim (interino) e Ricardo Gareca assumiu na décima rodada.

Depois da quarta rodada:
5 – Flamengo: saiu Jayme de Almeida / entrou Ney Franco
6 – Vitória: saiu Ney Franco / entrou Carlos Amadeu (interino) e Jorginho assumiu na sétima rodada – única troca sem demissão

Depois da quinta rodada:
7 – Atlético-PR: saiu Miguel Ángel Portugal / entrou: Leandro Ávila (interino) e Doriva assumiu na décima rodada.

Depois da sexta rodada:
8 – Chapecoense: saiu Gilmar Dal Pozzo / entrou Celso Rodrigues



MaisRecentes

Henrique Dourado tem o mesmo número ou mais gols do que nove clubes no Brasileirão



Continue Lendo

Único invicto, Corinthians tem cinco jogos para superar marca do Fluminense



Continue Lendo

Com melhor média, Mina se aproxima do top10 de zagueiros goleadores do Palmeiras



Continue Lendo