A dura missão de Alberto Valentim e Elano



Fábio Carrille, Alberto Valentim ou Elano? Faltam sete rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro e o título ficará com um dos três. Se alguém apontasse algum desses nomes no início da temporada seria taxado de maluco. O primeiro foi efetivado pelo Corinthians pela falta de opções no mercado, Valentim começou o ano à frente do Red Bull na disputa do Paulistão e Elano fazia parte da comissão técnica do Santos, até então comandado por Dorival Júnior, dono do trabalho mais longevo do futebol nacional no Peixe.

Concorrentes na busca pela liderança, Valentim e Elano são os interinos do momento e tentarão o que poucos clubes conseguiram nos pontos corridos. Somente em três ocasiões dos 14 torneios disputados até agora o campeão trocou de técnico durante a competição. As exceções foram o Santos (2004), Corinthians (2005) e Flamengo (2009).

Quando campeão, o Peixe começou com Emerson Leão e trocou por Vanderlei Luxemburgo. No ano seguinte, o Timão teve três treinadores diferentes: Daniel Passarella, Márcio Bittencourt e Antônio Lopes. O Fla, responsável por uma arrancada que tenta ser repetida por Palmeiras ou Santos, iniciou o Brasileirão de 2009 com Cuca. Andrade acabou campeão.

Mesmo com a alta rotatividade no banco de reservas, o técnico vitorioso quase sempre passou ileso na era dos pontos corridos, porém na atual edição Palmeiras e Santos estão no terceiro comandante diferente em 11 meses de trabalho. Só o Corinthians de 2005 foi campeão assim.

Os clubes da Série A já mudaram de comando 30 vezes na temporada. São 24 trocas nas 31 rodadas. É muita coisa e acompanha a rotina dos últimos anos. No ano passado, foram 29 mudanças no Campeonato Brasileiro, contra 32 em 2015 – ano com mais demissões – e 23 no torneio de 2014.

Além de Carille, somente outros cinco técnicos estão no mesmo clube desde o começo do ano: Abel Braga, Jair Ventura, Mano Menezes, Renato Gaúcho e Claudinei Oliveira. O treinador do Timão, mesmo com o desempenho ruim no returno, ostenta a liderança, Mano ganhou a Copa do Brasil no Cruzeiro, Renato Gaúcho está na final da Libertadores e Abel, mesmo com as dificuldades no torneio nacional, quase levou o Flu até a semifinal da Copa Sul-Americana. Destaca-se também o ótimo trabalho de Jair Ventura no Botafogo.

Somente Claudinei luta contra o rebaixamento no Avaí. Assim como é difícil ver um campeão trocando de técnico, é raro ter uma equipe na degola com o mesmo treinador. Somente duas vezes nos pontos corridos um time acabou rebaixado sem mudar de comando: Guarani (2014) e Botafogo (2014). Nas duas ocasiões o técnico era Vagner Mancini, atualmente no Vitória e também entre os quatro últimos colocados.

Improváveis escolhas, Valentim e Elano podem entrar para história, como poucos conseguiram. Eles têm sete jogos para isso.



  • JoseAlmeida

    No meu ponto de vista o campeonato será decidido nos detalhes, pois todos perderão ainda gluns pontos.
    Carile está na frente, mas terá que retomar a sorte do primeiro turno onde se chutava de qualeur lugar e entrava. Agora chuta debaixo da trave para fora.
    Valentim, depois que o time inteiro boicotou o trabalho de Cuca, tendo ele na retaguarda, tem tudo para ser o campeão, pois tem a cumplicidade do elenco. Desde a briga de Cuca com Felipe Melo, ja estava fadado a ser demitido, pois o elenco não gostou da postura com um colega de profissão.
    Elano precisará contar com aquilo que os outros trinadores anteriores não tiveram. União do elenco.. Dorival tinha tudo para estar liderando o campeonato, mas depois que começou a encostar jogadores, perdeu o crédito. Hoje se sabe que o valor que o clube lhe divia também pode ter interferido. Levir começou bem, foi bem até a derrota para o Barcelona dentro de casa. Conseguiu a proeza de fazer com que o time jogasse de uma forma jamais vista na Vila. Marcar um gol e, se possível, não perder. Havia vencido todos os clássicos até escalar um time totalmente errado contr o São Paulo e perder o jogo com 20 minutos de partida. Foi taxado de preguiçoso e agora terão que mostrar que ele estava errado pois foi acusado de dar descanso demais aos atletas. Elano começou aparando o que achava errado. Sabe o que estava errado e terá que contar com aquilo que pediu. Garra e um futebol altamente ofensivo. Não queremos a melhor defesa e sim o melhor ataque. Ja que este ano não teremos a ambos, ao menos nestas sete partidas tem que mostrar se merecem ou não continuar no ano seguinte.

  • PARMERENSES=ZOADOS TODOS DIAS

    PARMERENSES ,
    P/ VCS QUE TORCEM PARA UM TIMECO QUE NÃO TEM TITULO MUNDIAL, DEEM UMA OLHADA NA FOTO AO LADO PARA VCS VEREM COMO É A TAÇA DO MUNDIAL FIFA VERDADEIRO SÓ P/ VCS SONHAREM COM ELA.
    QUEM TEM UMA DESSAS EM SUA SALA DE TROFÉUS , SABE QUE SEU CLUBE JÁ FOI CAMPEÃO MUNDIAL UM DIA.
    ESTA TAÇA NÃO EXISTE P/ COMPRAR. OK !
    TEM QUE SER GIGANTE PARA CONQUISTAR UMA DESSAS !
    GOSTARIA DE LEMBRÁ-LOS QUE SOMENTE OS CLUBES GIGANTES MUNDIAIS CONSEGUIRAM A FAÇANHA DE CONQUISTAR UMA DESSAS.
    O PARMERA SÓ É CONHECIDO MAIS OU MENOS SOMENTE AQUI NA AMÉRICA.
    SEU TIME GANHOU UM TORNEIO DA COPA RIO DE 1951 ? PARABÉNS, CAMPEÃO DO TORNEIO COPA RIO 1951, OK !
    SINTO MUIT0. MAS VCS PARMERENSES SEMPRE SERÃO Z0AD0S POR SEREM VIRGENS DE MUNDIAL. POIS JAMAIS O PARMERA CONSEGUIRÁ CONQUISTAR UM TITULO MUNDIAL FIFA !
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    QUIA,QUIA,QUIA,QUIA,QUIA,QUIA,QUIA,QUIA,QUIA,QUIA

MaisRecentes

Rede social do bem



Continue Lendo

São Paulo tem pior início no Paulista desde 2010



Continue Lendo

No Pacaembu, Corinthians arrecada quase R$ 1 mi a menos do que na Arena



Continue Lendo