Os rivais do São Paulo



Apesar do título simbólico de campeão do primeiro turno, a comissão técnica do São Paulo não considera o time o favorito para ganhar o Brasileiro.

Acha que o returno vai ser extremamente disputado e que adversários que estão um pouco abaixo na tabela de classificação podem subir e ameaçar o Tricolor.

Mesmo o time estando muito mais aguerrido e atuando com a raça uruguaia, Diego Aguirre, que vive um momento de felicidade no Tricolor, acha que ajustes devem ser feitos. E que há momentos dos jogos em que o time ainda recua demais e desnecessariamente, como aconteceu ontem, aliás, no jogo contra a Chapecoense.

Para a comissão técnica são-paulina, Inter e Flamengo estão no mesmo nível do Tricolor, tendo equipes e elencos equivalentes, mas o time carioca pode se desestruturar dependendo do que acontecer na Copa do Brasil, torneio em que está nas semifinais. Fora que tem se mostrado irregular em algumas partidas do Nacional, caso de ontem, diante do Atlético-PR.

Os são-paulinos temem mesmo que Grêmio e Palmeiras subam na tabela no segundo turno, embora, ao contrário do Tricolor, que só disputa o Brasileiro, tenham a Libertadores pela frente e, no caso do Verdão, a Copa do Brasil também.

A própria diretoria tricolor avalia internamente que Grêmio e Palmeiras têm elencos e times melhores do que os do São Paulo e os veem como principais rivais no returno. Mesmo o primeiro estando a cinco pontos do São Paulo e o segundo, a oito.

Inter e Flamengo, vale lembrar, estão, respectivamente, três e quatro pontos atrás do time paulista. Mas, pelo jeito, assustam menos que Grêmio e Palmeiras.

Seja como for devemos ter fortes emoções no returno, que começa depois de amanhã, embora já tenha tido um jogo antecipado, envolvendo Ceará e Santos.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo