O delator



Nelson Rodrigues já dizia que no futebol o pior cego é o que só vê a bola. E é mesmo.

Para quem se interessa pelos bastidores do mundo esportivo e em especial do futebol, é imperdível a leitura de “O Delator”, a história de J. Hawilla, o corruptor devorado pela corrupção no futebol, como consta da própria capa do livro.

Fruto de dois anos de trabalho investigativo dos jornalistas Allan de Abreu e Carlos Petrocilo, o livro traz informações inéditas, exclusivas, que todos que amam o esporte deveriam saber. Para verem como o jogo foi roubado. Sim, roubaram-nos o jogo também. E como enlamearam a camisa da CBF, usada por muita gente que foi às ruas pedir a saída de Dilma Rousseff, condenando a corrupção. Que está na política e está no futebol também. E sim, na camisa da Seleção.

Seleção, aliás, que deveria ser tratada como patrimônio público e não um produto privado nas mãos de um grupelho que se apoderou do poder e, como se viu, ganhou rios e rios de dinheiro.

Como sempre goste de esmiuçar os bastidores do futebol e do esporte brasileiro e mundial, tendo inaugurado, inclusive, o Painel FC da Folha de S. Paulo, infelizmente extinto depois, fica aqui minha dica de leitura. Vale a pena. Ainda mais às vésperas da mais uma Copa do Mundo. E que deve dar o que falar. Por “n” razões. “N” razões.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo