Peres criticadíssimo



O presidente do Santos, José Carlos Peres, tem sido criticadíssimo na Vila Belmiro. Até mais do que o técnico Jair Ventura, cujo trabalho até aqui foi definido por um conselheiro como “pífio”.

A saída de Ventura divide a diretoria e os conselheiros do Peixe, mas a ausência de Peres, num momento conturbadíssimo como o atual, tem provocado a ira de alguns.

Peres foi à Europa acompanhar a Seleção Brasileira, que domingo enfrenta a Croácia, na Inglaterra, e no domingo seguinte a Áustria, na Áustria.

O dirigente deveria retornar ao Brasil apenas após o segundo amistoso, mas é esperado segunda na Vila para uma reunião com o conselho de gestores do Santos.

Na ocasião o futuro do treinador será definido.

Jair Ventura não conseguiu dar um esquema de jogo para o time, que vem colecionando resultados negativos e está na zona de degola do Brasileirão.

Sua aparente tranquilidade, vista como indiferença e falta de conexão com o elenco por alguns, tem revoltado parte dos conselheiros e membros da diretoria santista.

Ontem o time voltou a jogar mal e perdeu mais uma vez, agora para o Atlético-PR, em Curitiba.

Para atrapalhar ainda mais o goleiro Vanderlei, que sonhava em ir para a Copa como terceiro goleiro, depois de ter sido mesmo deixado de lado por Tite teria entrado em depressão. Vem atuando, mas bem abaixo de seu potencial, o que é uma pena. Para quem admira seu futebol e para os torcedores do Peixe também. Ainda mais numa fase complicada como a atual.



MaisRecentes

Seleção magoada



Continue Lendo

O emocional, de novo



Continue Lendo

A cabeça de Neymar



Continue Lendo