Grêmio ainda reclama



O clima no Grêmio ainda é de lamentação e certa revolta pela não convocação de Arthur e Luan para a Copa da Rússia.

No departamento de futebol do time gaúcho dirigentes, funcionários, jogadores e membros da comissão técnica dizem não entender a decisão de Tite de privilegiar atletas que atuam na Europa e desvalorizar os feitos do volante e do atacante, um a caminho do Barcelona e o outro o maior destaque na conquista da Libertadores do ano passado.

Há indignação grande por terem sido chamados jogadores que atuam no futebol ucraniano, um campeonato de segunda linha, e não os dois que jogam no Brasil.

Renato Gaúcho lamentou a interlocutores a opção de Tite. Que convocou Geromel, mas deixou Arthur e Luan de fora. E não entende a convocação de Fred e Taison que, para ele, poderiam ter sido deixados de lado.

Eu particularmente teria chamado os dois do Grêmio, que têm muita qualidade e estão jogando um bolão, mas respeito as opções de Tite.

Acho, inclusive, que foi previsível a convocação da Seleção. Entre os três goleiros eu teria incluído Vanderlei, do Santos? Sim, mas não foi com ele que Tite trabalhou de 2016 para cá. E não foi nele que apostou.

Unanimidade nunca vai existir mesmo. Eu não teria chamado Fagner para a lateral, mas ele é um baita jogador e, se tiver oportunidade, pode fazer uma bela Copa, por que não?

Com uma ou outra posição que gerou alguma discussão, especialmente entre os gremistas, o que é compreensível, o fato é que o Brasil chega forte ao Mundial. Como um dos favoritos. Agora como vai se sair começaremos a saber apenas a partir do dia 17 do mês que vem, quando estreia contra a Suíça.



MaisRecentes

Deuses da Bola



Continue Lendo

Galo pega fogo



Continue Lendo

Cornetas no Palestra



Continue Lendo