Temor são-paulino



O Tricolor do Morumbi está receoso em relação à reação da torcida caso o time vá mal hoje à noite diante do Atlético-PR.

O jogo é válido pela quarta fase da Copa do Brasil. A partida de volta, em São Paulo, acontece daqui a duas semanas.

As uniformizadas do clube andam revoltadas com a diretoria e ainda não se conformam com as pífias atuações da equipe no início do ano, eliminada que foi do Paulistão pelo Corinthians.

A partida de hoje acontece em Curitiba e, em caso de derrota e especialmente de novo mau desempenho, as organizadas já preparam manifestações e protestos contra os jogadores, a diretoria de futebol e a presidência são-paulina, que vem sendo muito questionada até mesmo por quem apoiou Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco.

Diego Aguirre, que assumiu no lugar de Dorival Júnior na reta final do Paulista, tem dito que tem trabalhado o emocional dos jogadores e o sistema defensivo, mas se preocupa muito com a ligação entre meio-campo e ataque, um dos pontos fracos do Tricolor.



MaisRecentes

Briga por Alan Kardec



Continue Lendo

São Paulo em parafuso



Continue Lendo

Conversas com um jovem…



Continue Lendo