Raí pressionado



Um grupo de conselheiros do São Paulo, que reúne membros da situação e da oposição também, resolveu atirar contra o diretor de futebol do clube, Raí, poupando o técnico Diego Aguirre, que estreou sábado no Tricolor com derrota bisonha diante do São Caetano.

Eles criticam o dirigente são-paulino dizendo que fez contratações equivocadas para a temporada e que o time precisa reforçar a defesa, trocar o goleiro, contratar um bom meia de ligação, além de um atacante de origem.

Protestam ainda contra o fato de a equipe ter entrado com quatro meias de origem diante da agremiação do ABC.

Dorival Júnior, demitido há dias, reclamava que não teve atendidos seus pedidos de contratação de reforços para a temporada.

Raí admite que o time está de mal a pior e promete reforços para o Brasileirão.

O presidente Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, defende o ex-jogador e internamente também fala em reformular o elenco. Com que grana, porém, não se sabe.



MaisRecentes

O discurso de Tite



Continue Lendo

A reeleição de Galiotte



Continue Lendo

Cadê os patetas?!?



Continue Lendo