Um técnico para o Fla



Bastou o time empatar na estreia da Libertadores, 2 a 2 com o River, em casa, para a diretoria do Flamengo voltar a estudar a possibilidade de contratar um outro treinador que não Paulo Cesar Carpegiani.

Carpegiani seguiria no clube, claro, mas em outra função, como uma espécie de coordenador do departamento de futebol, ideia inicial da direção do Fla que mudou no início do ano.

Quando assumiu o comando do time Carpegiani até avisou que estava treinador, sinalizando que poderia sair para ocupar mesmo outra tarefa no futebol do Mengão.

O empate na estreia da Libertadores acendeu o sinal amarelo no clube, traumatizado que está com eliminações precoces, na fase de grupos, no principal torneio de clubes do continente.

A diretoria, com calma, vai analisar a melhor opção a seguir daqui pra frente. Com Carpegiani. Mas talvez não mais como treinador.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo