Grêmio no divã



A diretoria e a comissão técnica do Grêmio não estão falando a mesma língua.

A direção está irritada com o desempenho do time no Gaúcho, em alerta com a ameaça de rebaixamento. Apesar de dizer que o Estadual nunca foi prioridade (e de fato não é), exige que o time fuja da lanterna e escape do descenso, visto como um vexame histórico.

Há tempos tem cobrado de Renato Gaúcho que escale pelo menos alguns dos principais jogadores (e que eles atuem com afinco) para evitar a queda.

O treinador, por sua vez, acha que a diretoria deveria ter reclamado da Federação Gaúcha de Futebol a respeito do calendário, antecipado por conta da Copa do Mundo. Diz que o Grêmio foi penalizado por ganhar a Libertadores e chegar ao Mundial de Clubes e que prioridades são outros torneios, como a Recopa, que os gaúchos decidem na quarta, e a Libertadores também.

Apesar de muitos conselheiros reclamarem da campanha medíocre no Estadual e falarem em crise, Renato Gaúcho evita usar a palavra. E diz que buscará o título da Recopa e que o time não cai no Estadual. Aposta, pelo contrário, que ganhará três das quatro partidas restantes e avançará às quartas de final. A conferir.



MaisRecentes

Pela renúncia de Peres



Continue Lendo

Briga por Alan Kardec



Continue Lendo

São Paulo em parafuso



Continue Lendo