O técnico do Fogão



A direção do Botafogo tem sido fortemente pressionada a demitir logo o treinador Felipe Conceição.

Na avaliação de um grupo significativo de conselheiros de diferentes correntes do Fogão ele não tinha a mínima condição sequer de assumir o comando do time.

Chegou ao posto com a saída de Jair Ventura, de quem era auxiliar, para o Santos.

Com a eliminação vexatória na primeira fase da Copa do Brasil, caindo diante da Aparecidense, a pressão, que já existia, aumentou.

Até o youtuber Felipe Neto, um dos donos da lanchonete Neto`s, patrocinadora do time, pediu em rede social a mudança no comando técnico. O que, diga-se de passagem, teve repercussão negativa no clube, apesar dos pedidos de conselheiros no mesmo sentido.

Alguns avaliam que, como patrocinador, Felipe Neto deveria evitar esse tipo de manifestação pública.

O nome preferido no Botafogo, que sábado enfrenta o Flamengo pela semifinal da Taça Guanabara, é o de Cuca. Mas a diretoria já avisou que não tem grana suficiente para contratar o treinador. Que, se quiser assumir o time, terá que aceitar bem menos do que os mais de R$ 500 mil que ganhava no Verdão.



MaisRecentes

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo

Naming rights em 2019



Continue Lendo

Zé Ricardo sob desconfiança



Continue Lendo