Peixe no mercado



A diretoria santista quer contratar dois jogadores para reforçar o time na Libertadores. Um meio-campista e outro atacante.

Na avaliação da comissão técnica e também da direção do clube o elenco precisa ser melhorado pois está patamares abaixo em relação aos de Corinthians e Palmeiras, por exemplo. Em comparação ao São Paulo estaria nivelado.

Domingo, diante do Palmeiras, as opiniões não foram unânimes. Uma ala acha que o time foi bem, especialmente se levarmos em conta os desfalques, que chegaram a seis jogadores, outra acha que a apresentação não foi boa e que o Verdão mostrou que, se tivesse forçado mais o jogo, especialmente no primeiro tempo, poderia ter conseguido uma goleada.

Sobre a necessidade de reforços todos parecem convergir que as prioridades, no momento, são o meio-campo e o ataque. Com Vitor Bueno, Bruno Henrique e Gabigol, trio que será auxiliado por Copete, a equipe pode render mais na frente, o que não quer dizer que não precise de reforços.

Jair Ventura tem dito, pelo menos oficialmente, que consegue se virar com o que tem em mãos e já mostrou que está de olho na base. Mas deixou claro à diretoria que gostaria de melhorar o meio-campo e o ataque, em primeiro lugar. Depois o setor defensivo. O problema, no entanto, é a grana.

José Carlos Peres insiste que pegou o clube quebrado de Modesto Roma Júnior e pretende melhorar as finanças para aí então ir com mais força ao mercado. Mas, havendo oportunidade, irá atender o pedido do treinador. Reforçar meio-campo e ataque. A defesa, no momento, seguiria como está…



MaisRecentes

Thiago Silva X Neymar



Continue Lendo

Tite questionado



Continue Lendo

A falta de um líder



Continue Lendo