O divã do Grêmio



A derrota na final do Mundial de Clubes ainda repercute e muito pelos lados do Grêmio.

Renato Gaúcho fez questão de destacar a qualidade do Real Madrid, que definiu como seleção. E também enalteceu o esforço de seus comandados, que teriam honrado a camisa do time gaúcho.

Nem todos os dirigentes e conselheiros gremistas, no entanto, viram o jogo assim e pelo menos uma parte deles achou que a equipe errou muito. Que respeitou demais o time espanhol, mostrou problemas emocionais, leia-se excesso de nervosismo, não conseguiu acertar o passe do meio para o ataque e não chegou à área rival, tanto que teve apenas uma chance de gol no primeiro tempo. E com um chute de longa distância.

Enfim, não foi o mesmo time que conquistou o tri da Libertadores, o que não quer dizer que o trabalho de Renato Gaúcho possa ser analisado apenas por um jogo. Foi mal na decisão do Mundial, mas bem no restante de temporada, com uma campanha muito bonita na Liberta.



MaisRecentes

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo