Itaquera-2018



A atual direção corintiana já dá como certa a vitória de Andrés Sanchez para substituir Roberto de Andrade no comando do clube. E a ideia é que, com o ex-presidente e atual deputado federal pelo PT-SP de volta ao poder, os naming rights da arena do Timão saiam do papel e finalmente sejam negociados.

O intuito era vende-los até fevereiro de 2012, quando Sanchez ainda estava na direção. Mas os negócios não avançaram e os valores, tampouco.

Em 2012 Sanchez falava em negociar os direitos de nomear o estádio por cerca de R$ 400 milhões. Falava-se em um período de 10 a 20 anos. Hoje os valores são parecidos mas podem até cair e o período pode ser de um a dois anos com possibilidade de estica-los por até cinco ou dez anos.

Como pagar o estádio, que se viu alvo da Lava Jato, é algo que o Corinthians ainda não sabe como fazer. E o valor da arena, que deveria ter ficado na casa dos R$ 800 milhões, já é praticamente o dobro.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo