Alerta a Raí



Um grupo de conselheiros são-paulinos, todos de oposição ao presidente Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, alertaram Raí sobre as dificuldades que ele terá no Tricolor.

Gustavo Vieira de Oliveira, seu sobrinho e filho do ex-jogador Sócrates, que também foi diretor de futebol e saiu do posto por razões políticas no ano passado, idem.

O aviso foi de que Leco gosta de comandar o futebol e interfere diariamente nas decisões tomadas pelo diretor de futebol, que não tem autonomia e acaba ocupando uma posição meramente figurativa.

Raí ouviu da direção e do próprio presidente do São Paulo que com ele não será assim. E acreditou. Talvez esteja certo, só o tempo dirá. Mas pelo sim, pelo não resolveu apostar em Leco e aceitar o cargo.



MaisRecentes

Pela renúncia de Peres



Continue Lendo

Briga por Alan Kardec



Continue Lendo

São Paulo em parafuso



Continue Lendo