Desespero corintiano



A direção do Corinthians avalia que o principal problema do time foi a certeza da conquista do título. Certeza que a própria diretoria também tinha ao final do primeiro turno.

Acredita que a equipe entrou no clima de já ganhou e acabou perdendo pontos bobos, pontos que começaram a fazer a diferença. Quando viram o Verdão começar a crescer o time teria se desesperado. E o técnico Fábio Carille, também.

O receio é o vexame que seria o Palmeiras ganhar o campeonato, numa reação impressionante, e a revolta da Fiel, que assusta os jogadores e a comissão técnica.

Carille estaria tão atrapalhado que teria mudado um pouco a forma de o time jogar. Descuidando-se da marcação e colocando todo mundo pra atacar no final das partidas em que o Timão não vai bem.

A ordem é colocar a cabeça no lugar para o clássico diante do Palmeiras, agora visto como decisivo. Um empate e o Corinthians seguirá cinco pontos à frente do principal rival, embora o Santos possa ficar a quatro de distância. Uma derrota e o Palmeiras ficará a dois pontos do Timão, colocando mais fogo no campeonato.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo