Revolta corintiana



A arbitragem do clássico de ontem revoltou os são-paulinos (e com razão), mas os corintianos não andam nada satisfeitos com a repercussão na mídia e o tratamento que o time vem recebendo de torcedores e jogadores rivais no Brasileirão.

A avaliação da diretoria e da comissão técnica do Timão é que os adversários do Corinthians estão usando a arbitragem dos dois últimos jogos, diante de Vasco e São Paulo, para tirar os méritos da equipe no campeonato. Como se a campanha estivesse boa por conta do que alguns chamam de “apito amigo”, quando o Timão tem feito atuações muito boas desde o primeiro turno. E sem a mãozinha da arbitragem, ao contrário do que aconteceu ontem e no domingo retrasado.

A ideia é fazer um levantamento de erros de arbitragem também contra o Corinthians e mostrar que o desempenho do time no campeonato não se dá por conta de um juiz aqui e outro acolá. E nisso o Corinthians tem razão. Não dá para dizer que chegou está chegou apenas por conta do apito, dá? Claro que não. É fruto de muito trabalho e de um esquema de jogo que foi muito bem assimilado pelos jogadores. O que não é de agora, não.



MaisRecentes

Seleção magoada



Continue Lendo

O emocional, de novo



Continue Lendo

A cabeça de Neymar



Continue Lendo