Nobre vs Galiotte



Conselheiros de Maurício Galiotte acreditam que o ex-presidente Paulo Nobre está por trás de parte dos protestos contra o atual mandatário, que tirou licença para viajar com a família num momento delicado do futebol do Palmeiras.

Eles acham que o presidente tem que se defender, lembrando dos feitos que conseguiu no Verdão, inclusive participando da gestão do próprio Nobre. Alexandre Mattos, diretor de futebol, logo saiu em defesa do dirigente e amigos e assessores de Galiotte pediram para Cuca fazer o mesmo.

As críticas atingem não apenas o atual presidente, mas também o próprio diretor de futebol, que errou no planejamento para 2017, tanto que demitiu Eduardo Baptista e não consegue ver o time decolar, com enormes dificuldades na Copa do Brasil, na Libertadores e, no Brasileiro, bem longe do Corinthians. Lembrando que o rival investiu bem menos e pelo menos já ganhou o Paulistão.

Nobre, ao contrário de Galiotte, não tinha bom trânsito entre as organizadas, que agora passaram a valorizar o trabalho do ex-presidente, pelo menos no quesito futebol.

Apesar de a principal dela ter boas relações com a patrocinadora do Verdão, vários de seus integrantes responsabilizam a diretoria do clube pelos gastos excessivos (boa parte bancados pela parceira) que não resultaram em resultados no campo. Pelo menos até aqui…

Nobre afastou-se do atual presidente, que ajudara a alçar ao comando, depois que ele tomou partido da patrocinadora do Verdão, contrariando o ex-presidente.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo