Segurança do Fla



O Flamengo resolveu reforçar a segurança hoje na Ilha do Urubu, o estádio Luso Brasileiro, que estreia agora no Brasileirão.

O receio é de uma forte reação da torcida caso o time não vença a Ponte Preta.

Com sete pontos no Brasileirão, o elenco ainda não assimilou a desastrosa eliminação da Libertadores. Muitos torcedores e conselheiros tampouco. E as críticas ao desempenho do Rubro-Negro, que não vence há quatro rodadas no Nacional, é grande.

No último jogo, diante do Avaí, empate em Florianópolis, o presidente Eduardo Bandeira de Mello chegou a mostrar uma “banana” a um torcedor que reclamava do desempenho da equipe.

Alex Muralha, que foi para a reserva no último confronto, e Zé Ricardo, que está balançando no cargo, foram os mais visados nos últimos tempos. Mas a zaga também tem recebido muitas críticas.

Para melhorar a situação do Fla a diretoria resolveu ir à luta e reforçar o elenco, o que já está preocupando rivais, como o Santos, assim como o Palmeiras, outro que resolveu ir às compras, acabou se envolvendo em polêmica com o Fluminense. Verdão e Flamengo, aliás, entraram no campeonato como favoritos, mas até a sexta rodada figuravam na parte de baixo da tabela. Chegou a hora de reagir, não? Em campo, em campo.



MaisRecentes

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo

Deuses da Bola



Continue Lendo

Galo pega fogo



Continue Lendo