Vasco na Liberta



Bastaram as duas primeiras vitórias no Brasileirão em casa, 2 a 1 diante do Bahia e 3 a 2 diante do Flu, para jogadores, comissão técnica e diretoria vascaína se animarem. E o torcedor que lotou o estádio, pelo jeito, também.

A meta da direção é conseguir uma vaga para a Libertadores do ano que vem e não ficar lutando para não cair mais uma vez. Avalia que o time tem qualidade suficiente para, em 2017, ficar longe da chamada zona da confusão.

O técnico Milton Mendes gostou muito da atuação do grupo nos dois últimos jogos, o colombiano Manga foi o destaque na virada diante do Fluminense e recebeu muitos elogios em São Januário e a participação da torcida, que apoiou a equipe o jogo todo, também foi enaltecida pelos vascaínos.

O clima de euforia, porém, não significa que o grupo não precise de reforços. E a direção espera contratar pelo menos mais um zagueiro para a sequência do campeonato.

Não custa lembrar, no entanto, que na primeira rodada o Vasco levou de quatro do Palmeiras, mas o revés foi tratado como um “mau dia” da equipe e, para Milton Mendes, não será a tônica da temporada.

Reclamações, porém, existem. Mas são voltadas principalmente contra a arbitragem. Sábado, por exemplo, os dois pênaltis para o Flu foram contestados. E a diretoria, além de ir atrás de um zagueiro, deve dar uma pressionada na CBF e reclamar do apito. Já de olho nos próximos compromissos e na sequência do campeonato.



  • Cleibsom Carlos

    O Vasco é um dos sérios candidatos ao rebaixamento!!Escrevam aí…

MaisRecentes

Ingerência no Morumbi



Continue Lendo

Revolta corintiana



Continue Lendo

Pela saída de Levir



Continue Lendo