Estrelismos no Verdão



A direção do Palmeiras anda preocupada com o que alguns conselheiros chamam de estrelismos de alguns jogadores. O clube investiu forte em reforços e muitos dos que chegaram (e alguns que já estavam no clube) acham que deveriam ser escalados como titulares e não estariam digerindo bem as críticas internas. Nem a reserva ou mesmo a possibilidade de irem parar no banco.

O que complica um pouco a situação é que os reforços vieram quando Cuca já não era mais o técnico do time. Agora que voltou tem que lidar com um grupo que não foi indicado nem referendado por ele. E com fortes expectativas de títulos, incluindo aí Libertadores e possível bi do Brasileiro. No Nacional, porém, o Verdão começou mal, duas derrotas em três partidas.

A ideia de Cuca era adotar marcação individual, por exemplo, mas ele acha que, com o grupo que tem à disposição, não seria esse o melhor esquema tático, tanto que usou Felipe Melo como líbero diante do São Paulo. E não deu certo.

O técnico tem carta branca para mexer como quiser e escalar os que achar melhores e também para colocar ordem no vestiário, ordem que não havia nos tempos de Eduardo Baptista.

A direção quer que Cuca acabe com estrelismos de A ou de B, afinal o comandante é ele. Mas, ao mesmo tempo, já começa a cobrar resultados, especialmente no Brasileiro. Avisou o treinador que o elenco é forte o suficiente para conseguir bons resultados mesmo com uma escalação alternativa. O que não aconteceu em Chapecó, por exemplo. A escalação alternativa sim, mas o resultado, não.

Pressão, enfim, Cuca vai ter. E ela já começou. De dentro do vestiário e dos dirigentes também. Que esperavam muito mais do time nesse já não tão início de temporada. E quarta tem mais. Duelo de volta, no Sul, diante do Inter pela Copa do Brasil. Eventual eliminação do torneio não seria bem digerida no Palestra. Que investiu pesado e agora quer porque quer resultados.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo