Vila x Pacaembu



O Santos atropelou ontem o Sporting Cristal na Vila Belmiro, mas a discussão sobre em que estádio mandar seus jogos na Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão continua.

A ideia era realizar 50% das partidas que faz em casa na Vila e 50% no Pacaembu, conforme acertado com marketing e finanças, inclusive para atingir públicos diferentes, mirando também o torcedor paulistano e contentando seus atuais e possíveis futuros parceiros comerciais. Alargando o horizonte, enfim, e aumentando as receitas.

A questão política, no entanto, tem pegado forte. Vários conselheiros de Santos dizem que o time é do litoral e não veem sentido em mandar jogos no Pacaembu, apesar de o público na capital paulista estar sendo maior do que o que tem comparecido em jogos na Vila. E como temos eleições à vista a diretoria resolveu recuar… Ontem, por exemplo, o jogo estava marcado para a Vila, mas, inclusive atendendo a pedido de jogadores e comissão técnica, seria transferido para o Pacaembu. Só não o foi porque a presidência ficou com receito de perder apoio de conselheiros que moram em Santos. E que são a base do Santos.

Atletas e membros da comissão técnica também foram aconselhados a não dizerem publicamente que preferem o Pacaembu e a elogiarem a Vila e o torcedor do litoral. O objetivo é não antagonizar com eles. E é o que passaram a fazer.

Semanas atrás, no entanto, Dorival Júnior manifestava, ainda em campo, descontentamento com um pequeno grupo de torcedores que ficava nas imediações do banco de reservas xingando-o e criticando seu trabalho, um baita desrespeito, inclusive porque se trata de um técnico bom e que faz belo trabalho em Santos. E mesmo que não fosse competente (e é) não deveria ser xingado. Educação é importante, no esporte, nas ruas, na política…

Jogadores do Peixe também foram hostilizados na Vila e em mais de uma ocasião, tanto que protestaram contra a torcida presente na hora de marcar gols.

Foram convencidos, porém, que vão atuar muitas e muitas vezes na Vila, mais do que no Pacaembu, pelas questões políticas em jogo, e que devem conquistar o torcedor do litoral. Com boas atuações e sem provocação.

Ah! Por não querer tratar diretamente da questão política em jogo a direção adotará o discurso de que a casa do Santos é mesmo a Vila, que lá não paga aluguel, que se trata de um caldeirão, que os jogadores conhecem os segredos do gramado como ninguém e que o policiamento é mais fácil, já que em São Paulo o time não pode atuar no mesmo dia e horário de Corinthians, Palmeiras e São Paulo, o que atrapalharia a logística. E que o time jogará em SP apenas vez ou outra.

Não deixa de ser verdade a argumentação oficial da direção santista, mas vale lembrar que público e faturamento das partidas no Pacaembu têm sido maiores que na Vila em 2017, atletas e comissão técnica gostaram do clima no local, marketing e finanças preferiam realizar metade dos jogos em casa na capital, mas as eleições… As eleições comandam, não? A famosa briga pelo poder. E, apesar de ter torcedores e conselheiros em São Paulo também (e não são poucos), os de Santos ainda dão as cartas.



  • Douglas Casarini

    Lamentavel. Politica e politico é tudo igual, seja eleicao p governador, prefeitura, clube, sindico , na hr de conquistar voto e ser eleito os caras so olham seus interesses e nao o todo. O Santos fica “preso” numa gaiola sem poder bater asas e voar mais alto, por causa desses interesses pessoais e manipulador dos que hj acham que são seus donos. Gente pequena administrando um clube grande. Vamo Santos. Abs

  • UMA VERGONHA A FORMA COMO ESTA DIRETORIA RIDÍCULA APEQUENA O SFC !! RENDA E PÚBLICO DE CLUBE PEQUENO DO INTERIOR EM PLENA LIBERTADORES??? INACEITAVEL!! ESTÁ MAIS DO QUE PROVADO QUE A CIDADE DE SANTOS NÃO PRESTIGIA O SFC!! MAIS DA METADE DE SUA POPULAÇÃO TORCE PARA OS CLUBES DA CAPITAL !!!

  • Julio DE Oliveira Cesar Olivei

    O Santos F.C no Pacaembu é sempre casa cheia , já na Vila Belmiro ( decepção total) ……. Vergonha !!!!!!!!!

  • Julio DE Oliveira Cesar Olivei

    Se o Santos F.C , fosse de uma cidade com cerca de 50 mil habitantes do interior de São Paulo, com certeza já colocaria mais público que os jogos na Vila Belmiro , a Baixada Santista é uma decepção total ………

  • Shaolin

    O futuro do peixe é na Capital. Ficar enraizado na baixada santista é andar pr trás. Aaaaaccccoooorrrddddaaaa diretoria.

  • Ricardo Lima

    “Vários conselheiros de Santos dizem que o time é do litoral e não veem sentido em mandar jogos no Pacaembu”. Por ai se vê a mentalidade pequena de nossos conselheiros.
    Primeiro, o Santos não é do litoral, É DO MUNDO.
    Esses conselheiros desconhecem as história gloriosa de nosso Santos Futebol Clube além das fronteiras brasileiras. E por esse desconhecimento, vão apagando aos poucos esse maravilhoso capítulo do futebol mundial.
    O Santos, hoje, era para ser, disparado, o maior clube de nosso continente.
    Jogar em São Paulo, para a sua verdadeira torcida, é crucial para que o Santos tente, neste momento, resgatar sua torcida e aumentá-la, voltando a ter uma maior exposição na mídia.
    Hoje, com exceção de um ou outro, não vejo mais notícias em programas de tv, especialmente a fechada. São raras as exposições.
    O Santos, para não se apequenar ainda mais, deve tomar medidas de resgate de sua imagem, começando pela torcida. Jogar em Santos já está prejudicando, e muito, nosso clube.

  • Lafaiete Ribeiro

    Cabe aos torcedores do Santos, protestarem contra essa diretoria, e especialmente àqueles que possuem o direito ao voto, fazer valer esse direito. O Santos precisa retomar o rumo das suas grandes conquistas e essa tomada perpassa pela mudança de mentalidade, da amadora existente para uma que coloque o Santos em um patamar de qualidade e eficiência, com profissionalismo e competência! Os jogos no Pacaembu esse ano, deram uma pequena mostra do potencial que essa diretoria está desperdiçando.

  • marcos

    VERGONHA!! CONSELHEIROS RIDICULOS…
    SANTOS FC O PACAEMBU E SUA CASA , ESTADIO OTIMO E LOCALIZACAO MELHOR IMPOSSIVEL…
    VAI PRA CIMA SANTOS E COLOQUE O SIMBOLO DO PEIXE ATRAS DO GOL FICARA LINDO

    • Shaolin

      Esses conselheiros egoistas exacerbados só estão pensando nos seus interesses principalmente nos seus bolsos. Com certeza tiram vantagens financeiras ou politicas tendo o peixe enraizado na baixada e jogando na Vila.

  • Em se havendo uma eleição honesta e, é difícil de se ter, pois, há uma corja dirigindo o clube hoje. Essa situação vai mudar. O Santos FC voltará a ser do mundo.

  • Shaolin

    Esses conselheiros q querem q o peixe se afunde na baixada, com certeza estão é preocupados com certeza com os seus bolsos, e não com o Santos FC. Se fizerem uma investigação com certeza a maioria desses conselheiros tem algum interesse financeiro e ganham dinheiro com jogos do peixe na Vila, com certeza tem seus investimentos imobiliários e comerciais, próximo da Vila, ou estão envolvidos na politica da cidade, e fazem campanha politica utilizando o nome do clube, ou ainda muitos devem ter parentes, filhos, amigos q estão mamando nas tetas do peixe, trabalhando ou prestando serviços. Infelizmente nesse planeta tudo funciona dessa forma, cada um se preocupando em primeiro lugar com seus interesses, e o futuro do clube que se dane.

  • Santista Honesto

    tudo veio de bengala, uma vergonha. o que não tem em santos é “santista”

MaisRecentes

Revolta corintiana



Continue Lendo

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo