O clima para Rodrigo Caio



O estafe de Rodrigo Caio segue preocupado com a situação do zagueiro no São Paulo. E com a falta de clima após a derrota para o Corinthians, domingo passado, quando o atleta tomou a bela atitude de avisar a arbitragem que ele e não Jô tocara em Renan Ribeiro, evitando que o adversário recebesse o terceiro cartão amarelo.

Rodrigo Caio teria ficado bastante abatido com a postura de Rogério Ceni e alguns de seus companheiros de time, que não teriam aprovado sua atitude.

As notícias veiculadas na imprensa sobre a reação de Ceni deixaram o zagueiro ainda mais desconfortável, tanto que a direção do clube já sinalizou a ele que está tudo bem e que o episódio foi superado.

Superado? Uma cena digna de aplausos ainda dá o que falar, já que muitos têm a tacanha mentalidade de levar vantagem em tudo. Seja no futebol, seja na vida, como estamos vendo com as delações da Odebrecht, para ficarmos apenas em um exemplo.

Rodrigo Caio espera a janela de transferência para o futebol europeu para ver se se encaixa num time do Velho Continente e está feliz, por outro lado, pois se não teve apoio de seu próprio treinador e de alguns colegas de equipe, recebeu o aval de Tite, por exemplo, que fez questão de elogiar sua atitude.

De resto ainda há o receio em relação à reação da torcida são-paulina nos próximos jogos do time. Rodrigo Caio e seu estafe temem que o zagueiro vire bode expiatório de tudo.

Ontem, diante do Cruzeiro, falhou no lance que resultou no gol dos mineiros, mas foi fundamental no segundo tento são-paulino. Segue sendo um bom jogador. E tendo o respeito de Tite e de muita gente no futebol, o que conta muito. Muito mesmo.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo