Roupa suja no Palestra



Jogadores e comissão técnica palmeirense foram alertados pela direção sobre os vexames protagonizados em Campinas. Não apenas em relação à pífia atuação, mas também no tocante ao comportamento de alguns atletas e do banco de reservas.

A diretoria quer que o grupo passe a se preocupar mais em jogar futebol do que em tentar enganar a arbitragem, citando como exemplo negativo o que fez, por exemplo, o veterano Zé Roberto diante da Ponte.

E cobra ainda mais atenção da comissão técnica em relação aos indisciplinados, que estariam discutindo também nos vestiários e não se entendendo em alguns jogos.

A avaliação do trabalho de Eduardo Baptista é boa, mas também indica que ele ainda não tem o grupo nas mãos, embora o time esteja avançando, mesmo na base do sufoco, na Libertadores.

No Paulistão a direção ainda não jogou a toalha e acredita que, com o elenco que tem, dá para ganhar de quatro da Ponte jogando em casa. Duvido, mas não é impossível.



MaisRecentes

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo