Venda proibida?



Ponte Preta, Botafogo-SP e Novorizontino, três dos quatro times do interior nas quartas de final do Paulista, querem que a Federação Paulista de Futebol proíba a partir de 2018 que equipes vendam o mando de campo no Estadual.

Segue dando muita polêmica o fato de o Linense ter aceitado disputar os dois jogos das quartas de final do Paulistão no Morumbi, favorecendo o São Paulo. De acordo com a direção do clube do interior a decisão foi tomada numa tentativa de arrecadar mais. Os poucos mais de 15 mil torcedores na primeira partida, no entanto, frustraram a equipe de Lins.

O clube tem acordo com o Ministério Público para seu estádio não receber jogos com muita torcida pois ele se encontra em reformas. Mas poderia ter atuado em Araraquara, por exemplo, como chegou a fazer no próprio torneio desse ano.

Mesmo entre comissão técnica e jogadores do Tricolor o fato de fazer as duas partidas em casa não tem sido muito festejado, pois dá a interpretação de que o time foi favorecido em relação aos outros três grandes, que disputaram seus jogos de ida no interior.



MaisRecentes

A vez de Cássio



Continue Lendo

Nova zaga são-paulina



Continue Lendo

O futuro de CR7



Continue Lendo