Venda proibida?



Ponte Preta, Botafogo-SP e Novorizontino, três dos quatro times do interior nas quartas de final do Paulista, querem que a Federação Paulista de Futebol proíba a partir de 2018 que equipes vendam o mando de campo no Estadual.

Segue dando muita polêmica o fato de o Linense ter aceitado disputar os dois jogos das quartas de final do Paulistão no Morumbi, favorecendo o São Paulo. De acordo com a direção do clube do interior a decisão foi tomada numa tentativa de arrecadar mais. Os poucos mais de 15 mil torcedores na primeira partida, no entanto, frustraram a equipe de Lins.

O clube tem acordo com o Ministério Público para seu estádio não receber jogos com muita torcida pois ele se encontra em reformas. Mas poderia ter atuado em Araraquara, por exemplo, como chegou a fazer no próprio torneio desse ano.

Mesmo entre comissão técnica e jogadores do Tricolor o fato de fazer as duas partidas em casa não tem sido muito festejado, pois dá a interpretação de que o time foi favorecido em relação aos outros três grandes, que disputaram seus jogos de ida no interior.



MaisRecentes

Os estádios do Santos



Continue Lendo

Defesa do Palmeiras



Continue Lendo

Grupo rachado



Continue Lendo